Efeito crônico do pré-condicionamento isquêmico na função vascular: revisão sistemática

Autores

  • Pedro Lima Souza Unidade de Investigação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício da Universidade Federal de Juiz de Fora https://orcid.org/0000-0003-2574-3313
  • Thamara Cunha Nascimento Amaral Unidade de Investigação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício da Universidade Federal de Juiz de Fora https://orcid.org/0000-0001-6109-2728
  • Marcelo Martins Coelho Unidade de Investigação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício da Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Patrícia Fernandes Trevizan 2- Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5517-8285
  • Mateus Camaroti Laterza Unidade de Investigação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício da Universidade Federal de Juiz de Fora https://orcid.org/0000-0002-3984-4951
  • Daniel Godoy Martinez Professor da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora http://orcid.org/0000-0003-0034-7963

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-8047.2022.v48.37449

Palavras-chave:

Isquemia, Vasodilatação, Circulação Cerebrovascular

Resumo

Introdução: O pré-condicionamento isquêmico (PCI) tem demostrado efeito protetor aos tecidos contra danos isquêmicos subsequentes, já que aparenta estar relacionado aos mecanismos vasodilatadores vasculares. Sabe-se que uma sessão aguda de PCI traz efeitos vasodilatadores endotélio dependente. Objetivo: Revisar sistematicamente o efeito crônico da realização do PCI sobre a função vascular. Métodos: Foi realizada pesquisa bibliográfica nas bases de dados eletrônicas Medline, Cochrane, Embase, Lilacs, SciElo, Web of Science e Scopus, sendo considerados ensaios clínicos controlados publicados até fevereiro de 2022. As buscas foram realizadas utilizando os descritores: Ischemic preconditioning; Preconditioning, Ischemic; Ischemic Pre-Conditioning; Ischemic Pre Conditioning; Pre-Conditioning, Ischemic; regional blood flow; Vascular Endothelium; Vasodilatation; Endothelium, vascular. Os artigos incluídos após análise de elegibilidade tiveram sua qualidade metodológica avaliada por meio da escala de classificação Downs and Black. Resultados: Foram encontrados 622 artigos dos quais apenas 11 preencheram os critérios de elegibilidade. Os 11 artigos possuíam uma população heterogênea composta por jovens saudáveis, pessoas com diagnóstico de diabetes Mellitus, doença arterial coronariana, hipertensão arterial sistêmica e acidente vascular encefálico, além de tabagistas. Foi demonstrado melhora da função vascular após a aplicação do protocolo de PCI de forma crônica. Adicionalmente, cinco desses artigos demostraram a melhora da função vascular por via dependente do endotélio, três por via endotélio independente e outros três estudos melhora tanto de forma dependente quanto independente. Conclusão: O PCI aplicado de forma crônica parece melhorar a função vascular, tanto por via endotélio dependente como independente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Godoy Martinez, Professor da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor adjunto da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Física, nível mestrado, da Universidade Federal de Viçosa em associação ampla com a Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutorado em Ciências com área de concentração em Cardiologia realizado no Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) (2011). Possui especialização em Cond. Físico Aplic. à Prevenção Cardiológica Primária e Secundária pelo Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (2006). Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista - UNESP- Bauru (2004) e graduação em Fisioterapia pela Universidade do Sagrado Coração- USC- Bauru (2004).Tem experiência na área de Educação Física e Fisioterapia, com ênfase na área de reabilitação cardiovascular, fisiologia do exercício, avaliação da capacidade cardiopulmonar, controle neurovascular e controle autonômico.   

Referências

Murry CE, Jennings RB, Reimer KAJC. Preconditioning with ischemia: a delay of lethal cell injury in ischemic myocardium. 1986; 74(5):1124-36.

Kharbanda RK, Peters M, Walton B, Kattenhorn M, Mullen M, Klein N et al. Ischemic preconditioning prevents endothelial injury and systemic neutrophil activation during ischemia-reperfusion in humans in vivo. 2001; 103(12):1624-30.

Moro L, Pedone C, Mondi A, Nunziata E, Incalzi RAJA. Effect of local and remote ischemic preconditioning on endothelial function in young people and healthy or hypertensive elderly people. 2011; 219(2):750-2.

Landmesser U, Hornig B, Drexler HJC. Endothelial function: a critical determinant in atherosclerosis? 2004; 109(21 suppl 1):II-27-II-33.

Pohl U, Holtz J, Busse R, Bassenge EJH. Crucial role of endothelium in the vasodilator response to increased flow in vivo. 1986; 8(1):37-44.

Bolli RJCr. The late phase of preconditioning. 2000; 87(11):972-83.

Moher D, Liberati AJBA, Tetzlaff J, Altman DG. Preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses: the PRISMA statement. 2009; 339:b2535.

Downs SH, Black NJJOE, Health C. The feasibility of creating a checklist for the assessment of the methodological quality both of randomised and non-randomised studies of health care interventions. 1998; 52(6):377-84.

Nakamura S, Kimura M, Goto C, Noma K, Yoshizumi M, Chayama K et al. Cigarette smoking abolishes ischemic preconditioning-induced augmentation of endothelium-dependent vasodilation. 2009; 53(4):674-81.

Tong X-Z, Cui W-F, Li Y, Su C, Shao Y-J, Liang J-W et al. Chronic remote ischemic preconditioning-induced increase of circulating hSDF-1α level and its relation with reduction of blood pressure and protection endothelial function in hypertension. 2019; 33(12):856-62.

Luca MC, Liuni A, McLaughlin K, Gori T, Parker JDJJotAHA. Daily ischemic preconditioning provides sustained protection from ischemia–reperfusion induced endothelial dysfunction: a human study. 2013; 2(1):e000075.

Hyngstrom AS, Nguyen JN, Wright MT, Tarima SS, Schmit BD, Gutterman DD et al. Two weeks of remote ischemic conditioning improves brachial artery flow mediated dilation in chronic stroke survivors. 2020; 129(6):1348-54.

Jones H, Hopkins N, Bailey TG, Green DJ, Cable NT, Thijssen DHJAjoh. Seven-day remote ischemic preconditioning improves local and systemic endothelial function and microcirculation in healthy humans. 2014; 27(7):918-25.

Lang JA, Kim J, Franke WD, Vianna LCJTJop. Seven consecutive days of remote ischaemic preconditioning improves cutaneous vasodilatory capacity in young adults. 2019; 597(3):757-65.

Jones H, Nyakayiru J, Bailey TG, Green DJ, Cable NT, Sprung VS et al. Impact of eight weeks of repeated ischaemic preconditioning on brachial artery and cutaneous microcirculatory function in healthy males. 2015; 22(8):1083-7.

Kim J, Franke WD, Lang JAJAJoP-H, Physiology C. Improved endothelial-dependent and endothelial-independent skin vasodilator responses following remote ischemic preconditioning. 2020; 318(1):H110-H5.

Kimura M, Ueda K, Goto C, Jitsuiki D, Nishioka K, Umemura T et al. Repetition of ischemic preconditioning augments endothelium-dependent vasodilation in humans: role of endothelium-derived nitric oxide and endothelial progenitor cells. 2007; 27(6):1403-10.

Liang Y, Li Y, He F, Liu X, Zhang JJBJoM, Research B. Long-term, regular remote ischemic preconditioning improves endothelial function in patients with coronary heart disease. 2015; 48(6):568-76.

Maxwell JD, Carter HH, Hellsten Y, Miller GD, Sprung VS, Cuthbertson DJ, et al. Seven day remote ischaemic preconditioning improves endothelial function in patients with type 2 diabetes mellitus: a randomised pilot study. 2019; 1(aop).

Jeffries O, Evans DT, Waldron M, Coussens A, Patterson SDJJoss. Seven-day ischaemic preconditioning improves muscle efficiency during cycling. 2019; 37(24):2798-805.

Pryds K, Nielsen RR, Jorsal A, Hansen MS, Ringgaard S, Refsgaard J et al. Effect of long-term remote ischemic conditioning in patients with chronic ischemic heart failure. 2017; 112(6):67.

Loukogeorgakis SP, Panagiotidou AT, Broadhead MW, Donald A, Deanfield JE, MacAllister RJJJotACoC. Remote ischemic preconditioning provides early and late protection against endothelial ischemia-reperfusion injury in humans: role of the autonomic nervous system. 2005; 46(3):450-6.

Hill JM, Zalos G, Halcox JP, Schenke WH, Waclawiw MA, Quyyumi AA et al. Circulating endothelial progenitor cells, vascular function, and cardiovascular risk. 2003; 348(7):593-600.

Costa JF, Fontes-Carvalho R, Leite-Moreira AFJRPdC. Pré-condicionamento isquémico remoto do miocárdio: dos mecanismos fisiopatológicos à aplicação na prática clínica. 2013; 32(11):893-904.

Shimizu M, Saxena P, Konstantinov IE, Cherepanov V, Cheung MM, Wearden P, et al. Remote ischemic preconditioning decreases adhesion and selectively modifies functional responses of human neutrophils. 2010; 158(1):155-61.

Konstantinov IE, Arab S, Kharbanda RK, Li J, Cheung MM, Cherepanov V et al. The remote ischemic preconditioning stimulus modifies inflammatory gene expression in humans. 2004; 19(1):143-50.

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

1.
Lima Souza P, Cunha Nascimento Amaral T, Martins Coelho M, Fernandes Trevizan P, Camaroti Laterza M, Martinez DG. Efeito crônico do pré-condicionamento isquêmico na função vascular: revisão sistemática. hu rev [Internet]. 7º de dezembro de 2022 [citado 3º de fevereiro de 2023];48:1-9. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/37449

Edição

Seção

Artigos de Revisão Sistemática

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)