AVALIAÇÃO DA ADESÃO TERAPÊUTICA NUTRICIONAL E SUA RELAÇÃO COM OS MODELOS DE MUDANÇA DO COMPORTAMENTO ALIMENTAR

Autores

Resumo

O presente estudo trata-se de uma pesquisa bibliográfica cujo objetivo é identificar os fatores que influenciam a adesão ao tratamento dietético e estudar a aplicabilidade dos modelos de mudança do comportamento alimentar associado à aderência terapêutica. A partir disso será possível desenvolver e aplicar abordagens e condutas eficazes de modo que o tratamento dietético seja seguido e mantido no dia a dia dos indivíduos. Consultaram-se as bases de dados científicos da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), no portal Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Medline, Lilacs e revistas impressas, além de teses, dissertações, livros e manuais. O artigo também explora conceitos, ferramentas e instrumentos de auxilio que possam contribuir tanto para o profissional na transmissão de informações, quanto para o indivíduo-paciente no entendimento destas. Deste modo será possível que o profissional crie um novo olhar perante as diversas situações e problemas que o indivíduo lhe propõe, e assim possa desenvolver um trabalho em conjunto com este, construindo um laço de confiança de modo que o indivíduo alcance resultados positivos na adesão à dieta e na mudança do comportamento alimentar.

 

Palavras-chaves: adesão, comportamento alimentar, tratamento, modelos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

REFERÊNCIAS

BAUER, K. D.; LIOU, D.; SOKOLIK, C. A. Preparing to Meet your Clients. In: Basic Nutrition

Counseling and Education - Skill Development. Wadsworth, 2ª ed, v.1, no.1, p. 464, 2011.

COELHO, E. B.; NOBRE, F. Recomendações práticas para se evitar o abandono do tratamento anti hipertensivo. Ribeirão Preto: Revista Brasileira de Hipertensão, v.13, n. 1, p. 51-54, 2006.

DOVEY, T. The energy demands of the brain: central mechanisms of eating. In: Eating Behaviour. Maidenhead, 1ª ed, v.1, no.1, p. 226, 2010.

GUIMARÃES, N. Z. et al. Adesão a um programa de aconselhamento nutricional para adultos com excesso de peso e comorbidades. Revista de Nutrição, Campinas, v.23, n.3, p.323-333, maio./jun. 2010.

GUSMÃO, J. L. et al. Adesão ao tratamento em hipertensão arterial sistólica isolada. Revista Brasileira de Hipertensão, São Paulo, v.16, n.1, p.38-43, 2009.

KOEHNLEIN, E. A.; SALADO, G. A.; YAMADA, N. A. Adesão à reeducação alimentar para perda de peso: determinantes, resultados e a percepção do paciente. Revista Brasileira de Nutrição Clínica, Maringá, v. 1, n. 23, p. 56-65, 2008.

LASTE, D. S.; SUSIN, N.; OLIVEIRA, M. S. Aplicação da entrevista motivacional em pacientes com síndrome metabólica para mudança no estilo de vida. Revista Saúde e Desenvolvimento Humano, Porto Alegre, v. 1, n. 1, p. 15-26, mai. 2013.

MACHADO, M. M. P. Adesão ao Regime Terapêutico - Representações das pessoas com IRC sobre o contributo dos enfermeiros. Tese (Curso de Mestrado em Educação na Especialidade de Educação para a Saúde) - Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho, Portugal, p. 254, 2009.

MALDANER, C. R. et al. Fatores que influenciam a adesão ao tratamento na doença crônica: o doente em terapia hemodialítica. Revista Gaúcha Enfermagem. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, n.29, v.4, p.647-53, dez, 2008. Disponível em: <http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&nextAction=lnk&base=LILACS&exprSearch=563258&indexSearch=ID&lang=p >. Acesso em: 30 de agosto de 2013.

MORAES, A. B. A., et al . O processo de adesão numa perspectiva analítico comportamental. Revista Brasileira de Terapia Comportamental Cognitiva, Campinas-SP, v. 11, n. 2, p. 329-345, 2009. Disponível em: <http://www.usp.br/rbtcc/index.php/RBTCC/article/view/408

>. Acesso em: 19 de setembro de 2013.

PROCHASKA, J. M. et al. Assessing Readiness for Adherence to Treatment. In: O’DONOHE, T.; et al. Promoting Treatment Adherence: A Practical Handbook for Health Care Providers. Thousand Oaks: Sage Publications, 2006, p. 35-46.

REDDING, C. A.; et al. Health Behavior Models. Rhode Island: The International Electronic Journal of Health Education, v. 3 (Special Issue), p. 180-193, 2000.

RODRIGUES, E. M. et al. Resgate do conceito de aconselhamento no contexto de atendimento nutricional. Revista de Nutrição, Campinas, v.18, n.1, p.119-128, jan./fev., 2005. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1415-52732005000100011&script=sci_arttext>. Acesso em: 11 de setembro de 2013.

SATTER, E. Eating Competence: Nutrition Education with the Satter Eating Competence Model. Journal of Nutrition Education and Behavior, Mandan Crescent, v. 39, n. 5, p.S189-S194, sept./Oct., 2007.

SATTER, E. Eating Competence: Definition and Evidence for the Satter Eating Competence Model. Journal of Nutrition Education and Behavior, Mandan Crescent, v. 39, n. 5S, p. S142-S153, sept./Oct., 2007.

SHEPHERD, R.; RAATS, M. The psychology of food choice. Frontiers in nutritional science, Wallingford, v.1, n. 3, p. 399, 2010.

SUMMERFIELD, L. M. Behavioral Approaches to Weight Management. In: Nutrition, Exercise and Behavior – Na integrated approach to weight management. Marymount University, Wasdsworth, 2ª ed, v. 1, p. 307-345, 2012.

TINOCO & PAIVA. Intervenção clínica e preventiva nos comportamentos alimentares. Acta Medica Portuguesa. n. 24, v. S4, p.741-746, 2011. Disponível em: <http://www.actamedicaportuguesa.com/revista/index.php/amp/article/view/1599> Acessado em: 10 de setembro de 2013.

TORAL, N.; SLATER, B. Abordagem do Modelo Transteórico no Comportamento Alimentar. São Paulo: Revista Ciência e Saúde Coletiva, v. 12, n. 6, p. 1641-1650, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000600025>. Acesso em: 15 de agosto de 2013.

TORRAL, N. Estágio de mudança de comportamento e sua relação com o consumo alimentar de adolescentes. Dissertação (Curso de Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: <http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=ADOLEC&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=444768&indexSearch=ID>. Acesso em: 18 de agosto de 2013.

VERAS, R. F. S.; OLIVEIRA, J. S. Aspectos sócio-demográficos que influenciam na adesão ao tratamento anti-hipertensivo. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, Fortaleza, v. 10, n. 3, p. 132-138, jul./set.2009.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2015-08-20

Como Citar

1.
Nunes RM. AVALIAÇÃO DA ADESÃO TERAPÊUTICA NUTRICIONAL E SUA RELAÇÃO COM OS MODELOS DE MUDANÇA DO COMPORTAMENTO ALIMENTAR. hu rev [Internet]. 20º de agosto de 2015 [citado 4º de outubro de 2022];40(3 e 4). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2457

Edição

Seção

Artigos de Revisão da Literatura