OZÔNIO TROPOSFÉRICO E MUDANÇAS CLIMÁTICAS:

EVIDÊNCIAS INTRODUTÓRIAS EM CURITIBA/PR

  • Francisco Jablinski Castelhano Universidade Federal do Paraná - UFPR

Resumo

O Ozônio troposférico é um poluente secundário que se forma a partir da quebra de óxidos de nitrogênio pela ação da radiação solar e da presença de compostos orgânicos voláteis na atmosfera. Analisaram-se tendências para o ozônio troposférico e para o dióxido de nitrogênio através de dez anos de dados horários em dois locais distintos da cidade de Curitiba, região sul do Brasil. Em ambos os pontos, observou-se uma forte tendência ao crescimento do O3 e um decréscimo nos níveis de NO2. A hipótese aqui defendida indica que o crescimento do O3 observado em Curitiba, não acompanhado pelo NO2 seria uma repercussão de alterações na dinâmica climática da região, credenciando-o como um desafio neste novo século.

Palavras-chave: Mudanças Climáticas, Curitiba, ozônio troposférico

 Abstract

The tropospheric ozon it’s a secundary pollutant that is formed by the separation of nitrogen oxydes due to the action of solar radiation and the presence of volátil organic compounds in the atmosphere. Future trends for tropospheric ozone and dioxide nitrogen were analyzed throught ten years of hourly data in two diferent points of Curitiba, South region of Brazil. In both of then, a strong growing trend of O3 and a decrease on the NO2 were observed. The hypothesis defended here is that the increase of O3 observed in Curitiba, not followed by the NO2 would be a repercusion of a change on the climate dinamic of the region, accrediting it as a challenge of this new century.

Keywords: Climate Change, Curitiba, tropospheric ozon.

Publicado
2019-08-28
Seção
Artigos