Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de Apoio

PPGEO - Programa de Pós-graduação em Geografia

DEGEO - Departamento de Geociências

ICH - Instituto de Geociências

UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Histórico do periódico

A Revista de Geografia do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEO) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) visa publicar artigos no campo da Geografia e áreas afins, inscrevendo-se como um canal oficial voltado para a comunicação científica.

Também vinculada ao Instituto de Ciências  Humanas –  ICH –   da Universidade Federal de Juiz de Fora, a Revista de Geografia do PPGEO da UFJF se apresenta como instrumento de difusão de conhecimento, publicando periodicamente artigos científicos de diferentes instituições nacionais e internacionais, fomentando o diálogo e o debate entre estudiosos e pesquisadores atuantes no campo da Geografia e de suas interfaces. Trata-se, portanto, de um canal de comunicação aberto tanto para trabalhos concernentes à ciência geográfica como para áreas afins, valorizando as capilaridades potenciais da Geografia e seus olhares peculiares.

Na sessão “Artigos Científicos” a Revista de Geografia do PPGEO da UFJF disponibiliza textos científicos referentes aos mais diversos temas de interesse da Geografia.

A Revista de Geografia foi criada no ano de 2011, no âmbito do Departamento de Geociênicas da UFJF e do Programa de Pós-graduação em Geografia que inaugura sua primeira turma no referido ano. Em 2016 o periódico ingressa na plataforma do sistema eletrônico de revistas (SER).

Doravante, a Revista de Geografia segue encarnando e cumprindo a missão da divulgação científica, como um instrumento de crítica e horizontalização do conhecimento, se posicionando como foco permanente de exaltação da importância da atividade científica e da universidade como lócus fundamental da emergência, construção e transferência de pensamentos, teorias, tecnologias, proposições e saberes em geral.