VULNERABILIDADES A EVENTOS PLUVIAIS DE ALTA MAGNITUDE DA CIDADE DO RECIFE – PERNAMBUCO/BRASIL

  • Leandro Diomério João dos Santos Universidade Federal de Pernambuco
  • Rhandysson Barbosa Gonçalves Universidade Federal de Pernambuco
  • Cláudio José Cabral Universidade Federal de Pernambuco
  • Osvaldo Girão Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

O presente artigo consiste em uma análise da vulnerabilidade da cidade do Recife quando está submetida à ação de eventos climáticos pluviais extremos relacionados a níveis de precipitações considerados acima da normalidade para o ritmo climático da cidade. Estes eventos de chuva de alta magnitude têm provocado graves problemas ambientais e socioeconômicos que se manifestam por meio de alagamentos, enchentes e deslizamentos em encostas que, por conseguinte, são causadores de perdas materiais e, eventualmente, humanas. A partir de um levantamento de dados de gabinete foram obtidas informações junto a agências de monitoramento meteorológico, por meio de imagens de satélites, mapas temáticos de normais climatológicas e boletins técnicos. Tais informações auxiliaram na realização de um exame detalhado do ritmo e da variabilidade climática da cidade do Recife, para compreender quais são os sistemas atmosféricos causadores de eventos extremos e as respostas na paisagem destes eventos. Os resultados obtidos por meio deste estudo mostraram que a ocorrência de chuvas mais acentuadas é suficiente para o desencadeamento de riscos geomorfológicos, que por sua vez desenvolvem perigo e evidenciam a vulnerabilidade para a paisagem urbana e para população. Os eventos que ocorreram entre janeiro e maio de 2016 foram os responsáveis por precipitações acima da média. Dessa maneira, alagamentos, enchentes, inundações e movimentos de massa figuraram como respostas ambientais a estes inputs significativos de energia e matéria na área estudada, tais respostas protagonizaram grandes transtornos econômicos, inclusive, perca de vidas humanas.   

Biografia do Autor

Leandro Diomério João dos Santos, Universidade Federal de Pernambuco

Aluno de Pós Graduação em Geografia 

Nivel Doutorado  

Rhandysson Barbosa Gonçalves, Universidade Federal de Pernambuco

Aluno de Pós Graduação em Geografia 

Nivel Mestrado

Cláudio José Cabral, Universidade Federal de Pernambuco

Aluno de Pós Graduação em Geografia 

Nivel Doutorado  

Osvaldo Girão, Universidade Federal de Pernambuco
Professor Doutor da UFPE
Publicado
2020-04-03