Avaliação da Estabilidade de Blocos de Rocha na Vertente Tombada do Morro do Cristo em Juiz de Fora - MG

  • Fabrício Luís de Andrade
  • Geraldo César Rocha

Resumo

Dentre os riscos naturais, os movimentos de blocos rochosos são cada vez mais frequentes nos espaços urbanos e acabam por refletir a falta de planejamento urbano e ambiental na maioria das cidades brasileiras. O Morro do Cristo, por compor a paisagem urbana de Juiz de Fora, traz a necessidade de estudos técnicos que possibilitem avaliar a condição de estabilidade dos mesmos, em razão da possibilidade de movimento destes blocos rochosos. Este artigo apresenta a avaliação de estabilidade de 30 blocos rochosos, localizados na vertente tombada do Morro do Cristo, blocos estes com mais de 100 cm de altura, largura e comprimento. Para a avaliação destes blocos foi adotada a metodologia de análise de estabilidade proposta pelo Ministério das Cidades.
Publicado
2016-05-02
Seção
Artigos