A CORPOREIDADE COMO UM RECURSO METODOLÓGICO DA GEOGRAFICIDADE

  • Elias Lopes de Lima

Resumo

O presente texto parte da premissa de que a leitura da corporeidade consiste numa alternativa metodológica para as mais variadas formas de reprodução do espaço geográfico, em especial, o que se poderia designar por geograficidade, enquanto modo geográfico característico de ser das relações sociais: de costumes, condutas, comportamentos, ordenamentos, determinações, situações, etc. Nossa hipótese é que a inerência espaço-corpórea permite acessar, através das qualidades proprioceptivas e diacríticas do corpo, alguns aspectos desconhecidos ou mesmo ignorados por ocasião de um esforço de objetivação em bases geográficas, o que possibilitaria atribuir formas objetivas a conteúdos supostamente informes, isto é, indiscerníveis. Depreende-se daí que a corporeidade consiste num potencial expediente metodológico para a análise da geograficidade.
Publicado
2016-05-02
Seção
Artigos