A heterogeneidade da escrita por meio de expressões formulaicas

  • Adriana Beloti

Resumo

Este trabalho discute os indícios de heterogeneidade da escrita por meio das expressões formulaicas presentes no nosso corpus: redações de candidatos do Vestibular de Verão/2012 da Fecilcam. O objetivo é refletir sobre a relação sujeito/linguagem pensando no modo heterogêneo de constituição da escrita pela abordagem teórica proposta por Corrêa (2004). A metodologia das análises sustenta-se no paradigma indiciário de Ginzburg. Entendemos que há uma heterogeneidade da escrita, constituída a partir da convivência entre as práticas orais/faladas e letradas/escritas.

Publicado
2019-06-16
Seção
Artigos