Os desdobramentos da apreensão de uma nau francesa pela expedição de Martim Afonso de Sousa em 1531

Autores

  • Vagner da Rosa Rigola Univeridade de Lisboa

Palavras-chave:

Expedição. Apreensão. Nau. Martim Afonso. Descarga.

Resumo

O presente artigo analisa os primeiros acontecimentos da viagem realizada por Martim Afonso de Sousa ao continente sul-americano entre os anos de 1530 e 1533. Sabe-se que ao chegar ao litoral nordeste da colônia brasileira, essa armada apreendeu três naus francesas, sendo uma delas encaminhada a Portugal no final de fevereiro de 1531. Com o intuito de aprofundar os conhecimentos sobre a identificação, repercussão da captura e destinação do conteúdo da presa enviada à Europa, o estudo desvincula-se da expedição de Martim Afonso de Sousa e passa a acompanhar o desfecho do retorno desse navio ao velho continente. A criação de dois apêndices com base no livro da descarga do navio capturado visa à sistematização das transações de venda do pau-brasil nele contido, assim como à catalogação de despesas com descarga, acomodação, guarda e demais serviços relacionados à destinação do conteúdo de tal navio. Entende-se que a tabulação desses dados possa servir de subsídio para futuras pesquisas sobre o assunto, com potencial de análise a partir de perspectivas diversas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, João Capistrano Honório de. Caminhos Antigos e o Povoamento do Brasil. Rio de Janeiro: Sociedade Capistrano de Abreu, 1930.

ABREU, João Capistrano Honório de. Capítulos de História Colonial (1500-1800). Brasília: Conselho Editorial do Senado Federal, 1998.

ABREU, João Capistrano Honório de. Ensaios e Estudos: crítica e história. 2ª série. Brasília: Edições do Senado Federal, vol. 9, 2003.

ANGRA, Barão de. Diccionario Maritimo Brazileiro. Rio de Janeiro: Typographia e Lytographia do Imperial Instituto Artístico, 1877.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Alvará de D. João III para se levar em conta a Diogo de Oliveira 11$490 réis que ficou devendo da conta da nau que se tomou aos franceses de que lhe fez mercê. Corpo Chronologico, P. 1, M. 69, D. 7, código de referência PT-TT-CC-1-69-7. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=3776230. Acesso em: 03 abr. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Auto de pregões e arrematação das duas naus francesas que vieram do Brasil e que estão no porto da cidade de Lisboa. Corpo Chronologico, P. 1, M. 51, D. 56, código de referência PT/TT/CC/1/51/56. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/details?id=3773781. Acesso em: 02 mai. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Auto que mandou fazer Diogo de Oliveira feitor dalfandegua da nao do Brasill que lhe foi entregue por mandado do senhor veedor da fazenda e do allmazem e cousas della. Corpo Chronologico, P. 2, M. 169, D. 132, código de referência PT/TT/CC/2/169/132. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/details?id=3813094. Acesso em: 16 abr. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Carta de Francisco I Rei de França para os conselheiros parlamentários sentenciarem breve e sumariamente as causas da tomadia feitas entre seus vassalos e os de Portugal na forma das Capitulações de Paz feitas entre os mesmos senhores. Corpo Chronologico, P. 1, M. 47, D. 17, código de referência PT-TT-CC-1-47-17. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=3773279. Acesso em: 03 abr. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Carta do Dr. Gouveia dando parte ao rei da prisão feita no Brasil a uns franceses e um frade que iam povoar a terra. Corpo Chronologico, P. 1, M. 46, D. 64, código de referência PT-TT-CC-1-46-64. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=3773197. Acesso em: 03 abr. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Carta do Dr. Gouveia dando parte ao rei que o Almirante de França lhe pedia que escrevesse a Sua Alteza sobre a soltura de franceses presos no Brasil. Corpo Chronologico, P. 1, M. 47, D. 106, código de referência PT-TT-CC-1-47-106. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=3773368. Acesso em: 03 abr. 2022.

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO (ANTT). Livro da descarga da nao franceza que descarregou na alfandega de Villa Nova a carga de pau brasil, e despeza e receita delle e seu regimento. Anno de 1531. Núcleo Antigo, 762, código de referência PT/TT/CRC/H/5/762. Disponível em: https://digitarq.arquivos.pt/details?id=4625527. Acesso em: 17 abr. 2022.

BAIÃO, António; DIAS, Carlos Malheiros. “A Expedição de Cristóvam Jacques”, História da Colonização Portuguesa no Brasil. 3º vol. Porto: Litografia Nacional, 1924, pp. 59-91.

BAIÃO, António; CIDADE, Hernani; MURIAS, Manuel. História da Expansão Portuguesa no Mundo. 3º vol. Lisboa: Editorial Ática, 1940.

BRASIL. Decreto nº 6.583, de 29 de setembro de 2008. Promulga o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/decreto/d6583.htm. Acesso em: 23 mar. 2022.

CASTRO, Eugênio de. Diário de Navegação de Pero Lopes de Sousa, (1530-1532). 1º vol. Rio de Janeiro: Typographia Leuzinger, 1927.

DEUS, Frei Gaspar da Madre de. Memórias para a História da Capitania de São Vicente. Edições do Senado Federal. Vol. 129, Brasília: 2010.

FREITAS, Jordão de. “A Expedição de Martim Afonso de Sousa”. História da Colonização Portuguesa do Brasil. Porto: Litografia Nacional. 3º vol. 1924, pp. 97 a 164.

GAFFAREL, Paul. Histoire du Brésil Français au Seizième Siècle. Paris: Maisonneuve et Companie Libraires-Éditeurs, 1878.

GUEDES, Max Justo. “As primeiras Expedições de Reconhecimento da Costa Brasileira”, História Naval Brasileira. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha, 1º vol. Tomo I, 1975, pp. 177 a 246.

GUÉNIN, Eugène. Ango et ses Pilotes. Paris: Imprimerie Nationale, 1901.

LA RONCIÈRE, Charles de. Histoire de la Marine Française. 3º vol. Paris: Librairie Plon, 1906.

LEITÃO, Humberto; LOPES, José. V. Dicionário da Linguagem de Marinha Antiga e Atual. Lisboa: Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, 1963.

MATOS, Artur Teodoro de. “O livro da descarga da nau francesa apresada por Martim Afonso de Sousa na costa do Brasil em 1531”. Mare Liberum Revista de História dos Mares. n. 20, 2000, pp. 133-156.

MITCHELL, James Leslie. Os grandes exploradores: a sua vida e as suas realizações. São Paulo: Edições Melhoramentos, 1963.

PALHA, Fernando. A Carta de Marca de João Ango. Lisboa: Imprensa Nacional, 1882.

PELÚCIA, Alexandra Maria Pinheiro. Martim Afonso de Sousa e a sua Linhagem: A Elite Dirigente do Império Português nos Reinados de D. João III e D. Sebastião. Tese de Doutoramento apresentada na Universidade Nova de Lisboa. Lisboa: 2007.

PEREIRA, Francisco María Esteves. “O Descobrimento do Rio da Prata”, História da Colonização Portuguesa no Brasil. 2º vol. Porto: Litografia Nacional, 1924, pp. 351-390.

QUINTELLA, Ignacio da Costa. Annaes da Marinha Portugueza. Tomo I, Lisboa: Typografia da Mesma Academia, 1839.

REIS, Amphiloquio. Dicionário Técnico de Marinha. Rio de Janeiro: 1947.

RODRIGUES, José Honório. História da História do Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional/MEC, 1979.

SANCEAU, Elaine. Capitães do Brasil. Tradução de António Álvaro Dória. Porto: Editora Livraria Civilização, 1956.

SILVA, Antonio de Moraes e. Diccionário da Língua portuguesa recopilado de todos impressos até o presente por Antonio de Moraes e Silva natural do Rio de Janeiro, Offerecido ao muito alto, e muito poderoso Senhor D. João VI. Rei de Portugal, Brazil e Algarve. 3ª Ed. Tomo II. Lisboa: Typographia de M. P de Lacerda, 1823.

SOUSA, Fr. Luiz de. Annaes de ElRei Dom João Terceiro. Lisboa: Typographia da Sociedade Propagadora do Conhecimentos Úteis, 1844.

SOUSA, Martim Afonso de. Breuissima, e summaria relaçam Que fez de sua Vida e obras o grande Martim Affonso de Sousa señor de Prado, e de Alcoentre, capitão donatário da Ilha de Tamaraca no Brazil, que seruio de capitão mor do mar da Índia e despois foi Gouernador della, á Serenissima senora Raynha dona Catherina mulher de ElRey dom João o terceiro, estando ella no governo destes Reynos, áqual Rellaçam seachou escripta de sua própria máo E letra muyto tempo depois de Elle morto, E he tam breve para o muyto, que de sua grandeza se conta, que não faz maes; que tocar á minima parte de seus feitos heroicos, Em que se mais engrándesceo, pois so disse o thema de seu progresso, de que autores de nome, poderáo (ampliando) Escrever largos E copiosos Volumes, de sua tam sabida E divulgada historia, de que na Índia E nestes Reynos ha mui claras noticias. Biblioteca da Universidade de Coimbra. Archivo Bibliographico, Edições 1-20, Imprensa da Universidade, 1877. Disponível em: https://books.google.pt/books?id=RIU-AAAAIAAJ. Acesso 28 mar. 2022.

SOUSA, Washington Luís P. de. Na Capitania de São Vicente. Brasília: Edições do Senado Federal, vol. 24, 2004.

TRÍAS, Rolando A. Laguarda. “A Expedição de Sebastião Caboto”. História Naval Brasileira. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha, 1º vol. Tomo I, 1975, pp. 301 a 338.

TRÍAS, Rolando A. Laguarda. “A Viagem de Martim Afonso de Sousa”. História Naval Brasileira. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha, 1º vol. Tomo II, 1975, pp. 349 a 399.

TRÍAS, Rolando A. Laguarda. “Cristóvão Jacques e as Armadas Guarda-Costas”. História Naval Brasileira. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação da Marinha, 1º vol. Tomo I, 1975, pp. 247 a 300.

VARNHAGEN, Francisco Adolfo de. Diário de Navegação de Pero Lopes de Souza pela Costa do Brazil até o Rio Uruguay (de 1530 a 1532). 4ª ed. Rio de Janeiro: Typographia de D. L. dos Santos, 1867.

VARNHAGEN, Francisco Adolfo de; ABREU, João Capistrano Honório de. História Geral do Brazil. 3ª ed. Rio de Janeiro: Laemmert & C. Editores, 1907.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

(1)
da Rosa Rigola, V. Os Desdobramentos Da apreensão De Uma Nau Francesa Pela expedição De Martim Afonso De Sousa Em 1531. FDC 2022, 8, 304-336.