Entre bens saqueados e negociações diplomáticas bem-sucedidas

considerações sobre Diplomacia Cultural, interculturalidade e os desequilíbrios do poder na herança patrimonial de impérios.

Autores

Palavras-chave:

Patrimônio, Diplomacia Cultural, Interculturalidade, Propriedade Cultural, Devolução de patrimônio

Resumo

A obra “Cultural Diplomacy and the Heritage of Empire: Negotiating Post-Colonial Returns”, de Cynthia Scott (2020), editada em inglês pela Routledge de Londres e ainda sem tradução no Brasil, apresenta de forma contextualizada as negociações históricas e as visões concorrentes por traz da repatriação de coleções e artefatos artísticos, culturais e históricos obtidos na era colonial entre Holanda e Indonésia, e analisa no que isso implicaria para ajudar a esclarecer sobre as reais motivações das devoluções e sobre o papel cultural que a Holanda quer construir para o futuro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ewerton Reubens Coelho-Costa, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Doutorando em Sociologia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE (Bolsista CAPES); Mestre em Gestão de Negócios Turísticos - UECE; Graduado em Gestão do Turismo (IFCE); Membro do Grupo de Pesquisa Gestão do Turismo e da Hospitalidade nos Territórios (IFCE – Campus Fortaleza); ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8366-1386

Referências

SCOTT, C. Cultural Diplomacy and the Heritage of Empire: Negotiating Post-Colonial Returns. London: Routledge, 2020. 226 p. ISBN 9781351164245.

Downloads

Publicado

2021-11-25

Como Citar

(1)
Coelho-Costa, E. R. Entre Bens Saqueados E negociações diplomáticas Bem-Sucedidas: Considerações Sobre Diplomacia Cultural, Interculturalidade E Os desequilíbrios Do Poder Na herança Patrimonial De impérios. FDC 2021, 7, 277-286.