O sagrado, o profano e o enfermo

A Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora

  • Maciel Fonseca UFJF
Palavras-chave: Santa Casa de Misericórdia, filantropia, elite

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar o surgimento da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, que ocorreu na segunda metade do século XIX, por meio da organização da assistência pela elite local. As Santas Casas são associações leigas de caráter religioso que surgiram em Portugal no final do século XIV com o objetivo de socorrer pobres e desvalidos na tentativa de aliviar a miséria humana. Para tal, buscamos entender a dinâmica de funcionamento na recém fundada Juiz de Fora, um economicamente promissor município da Zona da Mata Mineira. Optamos pela utilização de jornais de circulação naquele período, as produções historiográficas locais bem como o uso do Estatuto e do Compromisso da Santa Casa de Juiz de Fora.

Publicado
2020-06-02
Como Citar
(1)
Fonseca, M. O Sagrado, O Profano E O Enfermo: A Santa Casa De Misericórdia De Juiz De Fora. FDC 2020, 6, 272-287.