Entre mares e alteridades

Um mouro disfarçado nas galés portuguesas do seiscentos

  • Thaís Tanure Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: galés, Inquisição portuguesa, mouriscos

Resumo

Nesse artigo perseguimos a história do corsário muçulmano Amet e suas desventuras diante da Inquisição portuguesa em 1656. Tendo o processo inquisitorial de Amet como fio condutor e cruzando-o com outras fontes, conectamos a história penal portuguesa à história do corso no Mediterrâneo, refletindo acerca das relações entre alteridade e Império. Traçamos também elementos da história das galés portuguesas - para onde foi mandado Amet – em seu cotidiano, trabalhos forçados, castigos, alimentação e vestuário. Como metodologia, utilizamos a longa duração proposta para o Mediterrâneo de Fernand Braudel, as recentes contribuições da História atlântica para pensarmos as conexões propiciadas pelo mar, bem como reflexões da história do cotidiano de Michel de Certeau.

Publicado
2020-06-02
Como Citar
(1)
Tanure, T. Entre Mares E Alteridades: Um Mouro disfarçado Nas galés Portuguesas Do Seiscentos. FDC 2020, 6, 33-60.