Ecos dissonantes no atlântico

fundamentos e limites do antiescravismo de Epifanio Moirans

  • Bento Machado Mota Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Antiescravismo, Capuchinos, Epifanio Moirans

Resumo

Este artigo pretende lançar luz sobre as ideias antiescravistas de missionários capuchinhos em fins do século XVII a partir do livro La Justa defesa (1681), do capuchinho francês Epifanio Moirans. Trata-se de um registro incomum, no qual diversos argumentos contra a escravidão são abordados, por um lado, à luz de justificativas jurídicas relativas ao tráfico negreiro vindas de Roma e de teólogos europeus e, por outro, por meio dos relatos missionários católicos da América do sul.  Assim, a partir de Moirans pretende-se inserir o movimento antiescravista dos capuchinhos seiscentistas ao longo do pensamento teológico atlântico sobre escravidão.

Publicado
2020-06-02
Como Citar
(1)
Machado Mota, B. Ecos Dissonantes No atlântico: Fundamentos E Limites Do Antiescravismo De Epifanio Moirans. FDC 2020, 6, 61-82.