A criação do Bispado do Pará nos setecentos:

A “pompa e circunstância” como modo de demarcar o lugar social da Igreja em uma sociedade do Antigo Regime

  • João Antônio Fonseca Lacerda Lima Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: Antigo Regime, Igreja,, Clero Secular, Maranhão,, Pará.

Resumo

O presente artigo versa sobre a importância dada em uma sociedade do Antigo Regime às regras de aparência e prestígio como elementos fundamentais para a manutenção e enaltecimento do poder. No período moderno, o prestígio e a aparência foram elementos importantes na construção de uma nova forma de se comportar e ver o mundo. As faustosas cerimônias tinham um caráter eminentemente didático, visando demonstrar a hierarquia do lugar ocupado e enaltecendo ante aos olhos de todos o lugar de uma instituição no corpussocial. Neste sentido, quando a instalação dos bispados ao norte da América Portuguesa, a “pompa e circunstância” foi de larga utilidade, de modo a demonstrar o lugar da Igreja e dos eclesiásticos naquela sociedade. Para tanto, analisaremos o cuidado com as cerimônias nos vários âmbitos dos bispados do Maranhão e Pará, desde o ato de instalação das dioceses até o modo de seleção dos clérigos.

 

Publicado
2019-10-15
Como Citar
(1)
Fonseca Lacerda Lima, J. A. A criação Do Bispado Do Pará Nos Setecentos:. FDC 2019, 5, 4-29.