O LUTO DOS IRMÃOS: CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE DE CRIANÇAS APÓS A PERDA DE UM IRMÃO E COMO AMENIZÁ-LAS

  • Carolina Lindemann Carezzato Pós graduanda do departamento de patologia da Faculdade de Medicina de Riberião Preto - USP.
  • Leila Alves Pires Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
  • Ana Maria Pimenta Carvalho Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
  • Patrícia Leila dos Santos Santos Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.

Resumo

Objetivo: Reconhecer o luto infantil pela perda de um irmão e identificar fator de proteção e resiliência. Método: Este artigo discute nove pesquisas de sete países que analisaram as consequências de perder um irmão por doença na infância ou adolescência, em sua maioria por meio de entrevistas orientadas por questionários com autorização dos pais. Resultados e conclusões: os irmãos sofrem por não entender o processo de doença dos irmãos, não participar de seu cuidado e não saber lidar com a falta do irmão e do impacto da morte na família, e é benéfico que a família e os profissionais de saúde intervenham nesses pontos

Biografia do Autor

Carolina Lindemann Carezzato, Pós graduanda do departamento de patologia da Faculdade de Medicina de Riberião Preto - USP.
Pós graduanda do departamento de patologia da Faculdade de Medicina de Riberião Preto - USP.
Leila Alves Pires, Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
Ana Maria Pimenta Carvalho, Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
Patrícia Leila dos Santos Santos, Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.
Enfermeira. Professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.

Referências

1. Rostila M, Saarela J, Kawachi I. The forgotten griever: a nationwide follow-up study of mortality subsequent to the death of a sibling. Am J Epidemiol. 2012 Aug 15;176(4):338-46. doi: 10.1093/aje/kws163. Epub 2012 Jul 19.

2. Sandler CL, Robinson E, Carter BS. Loss in the NICU: Sibling Matters. American Journal of Hospice & Palliative Medicine, 30(6) 566-568. doi: 10.1177/1049909112460331
3. Steele AC, Kaal J et al. Bereaved Parents and Siblings Offer Advice to Healthcare Providers and Researchers. J Pediatr Hematol Oncol. 2013 May; 35(4): 253–259. doi:10.1097/ MPH.0b013e31828afe05.
4. Youngblut JM, Brooten D. Parents’ report of child’s response to sibling’s death in a neonatal or pediatric intensive care unit. Am J Crit Care. 2013 Nov;22(6):474-81. doi: 10.4037/ ajcc2013790.
5. Gaab EM, Owens GR, MacLeod RD. Siblings caring for and about pediatric palliative care patients. J Palliat Med. 2014 Jan;17(1):62-7. doi: 10.1089/jpm.2013.0117.
6. Eilertsen ME, Eilegård A, Steineck G, Nyberg T, Kreicbergs U. Impact of social support on bereaved siblings’ anxiety: a nationwide follow-up. J Pediatr Oncol Nurs. 2013 Nov-Dec;30(6):301-10. doi: 10.1177/1043454213513838.
7. Sood AB, Razdan A, Weller EB, Weller RA. Children’s Reactions to Parental and Sibling Death. Current Psychiatry Reports 2006, 8:115–120
8. Davey SG, Hypponen E, Max MM, Power C. Death of siblings in childhood and subsequent mortality: prospective observational study. Eur J Epidemiol (2014) 29:859–861 doi 10.1007/ s10654-014-9962-8
9. Kamibeppu K, Sato I, Hoshi Y. The Experience of Japanese Adolescents and Young Adults After Losing Siblings to Childhood Cancer: Three Types of Narratives. J Pediatr Oncol Nurs. 2014 Nov 20. pii: 1043454214554013. 10. Freeman LN, Shaffer D, Smith H. Neglected victims of homicide: the needs of young siblings of murder victims. Am J Orthopsychiatry. 1996 Jul;66(3):337-45.
11. Machajewski V, Kronk R. Childhood Grief Related to the Death of a Sibling. Journal for Nurse Practitioners. 2013;9(7):443448.
12. Elwert F, Christakis NA. The effect of widowhood on mortality by the causes of death of both spouses. Am J Public Health. 2008 Nov;98(11):2092-8. doi: 10.2105/ AJPH.2007.114348. Epub 2008 May 29.
13. Zivin K, Christakis NA. The emotional toll of spousal morbidity and mortality. Am J GeriatrPsychiatry. 2007 Sep;15(9):772-9.
Publicado
2018-04-12
Como Citar
Carezzato, C. L., Pires, L. A., Carvalho, A. M. P., & Santos, P. L. dos S. (2018). O LUTO DOS IRMÃOS: CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE DE CRIANÇAS APÓS A PERDA DE UM IRMÃO E COMO AMENIZÁ-LAS. Revista De Enfermagem Da UFJF, 2(2). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/enfermagem/article/view/3878
Seção
Artigo Revisão