A IMPLICAÇÃO DO TRABALHADOR DE SAÚDE NOS PROCESSOS DE MUDANÇA EM UMA INSTITUIÇÃO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIA

  • Maria Imaculada de Fátima Freitas
  • Márcia dos Santos Pereira

Resumo

Neste estudo de caso qualitativo, fundamentado em conhecimentos das ciências sociais, realizado com entrevistas e fontes documentais, buscou-se analisar a implicação dos trabalhadores de saúde nos processos de mudança de um hospital público. Os dados foram analisados à luz de conceitos da análise institucional. Entre outras considerações, a análise evidenciou que os trabalhadores de saúde entrevistados, apesar de considerarem o trabalho importante em suas vidas e sentirem-se parte do hospital, apresentam resistência às mudanças e sentimentos de frustração e insatisfação no trabalho. Porém, a força instituinte destes trabalhadores, ou seja, a força para construir “o novo”, encontra-se justamente na capacidade de transformação da resistência às mudanças e do sofrimento no trabalho em “criação”, por meio de relações de troca entre si e com a instituição, e dos benefícios pessoais advindos da função de cuidar do outro e salvar vidas.

Publicado
2016-08-17
Como Citar
Freitas, M. I. de F., & Pereira, M. dos S. (2016). A IMPLICAÇÃO DO TRABALHADOR DE SAÚDE NOS PROCESSOS DE MUDANÇA EM UMA INSTITUIÇÃO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIA. Revista De Enfermagem Da UFJF, 1(1). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/enfermagem/article/view/3791
Seção
Artigos Originais