A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL

  • Juliana Nazaré Bessa Andrade
  • Francismeire Moreira Siqueira

Resumo

Objetivo: Descrever as atribuições do profissional enfermeiro na atual proposta de atenção psicossocial, com ênfase em um dos serviços substitutivos ao hospital psiquiátrico, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Método: Revisão bibliográfica da literatura, realizada mediante a busca sistemática de periódicos em bases de dados do Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-Americano e do Caribe em Ciências
da Saúde (LILACS) e Biblioteca Virtual em Saúde Brasil (BVS/MS), onde as publicações selecionadas estão entre os anos de 2004 a 2015. Resultados: A revisão permitiu discussão acerca do enfermeiro na atenção psicossocial,
da reforma psiquiátrica brasileira e o surgimento dos CAPS e da assistência psiquiátrica no modelo asilar. Conclusão: Conclui-se que a atualização das práticas em Saúde Mental, instauradas pós reforma psiquiátrica, traz aos enfermeiros a possibilidade da construção de um cuidar, que permite uma ampla visão do sujeito acometido por sofrimento psíquico, promovendo uma reabilitação que transpassa condições clínicas e adentra o campo psicossocial.

Publicado
2018-12-21
Como Citar
Andrade, J. N. B., & Siqueira, F. M. (2018). A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL. Revista De Enfermagem Da UFJF, 4(1). https://doi.org/10.34019/2446-5739.2018.v4.14020
Seção
Artigo de Reflexão