Adesão às consultas de puericultura das crianças: uma intervenção na Estratégia Saúde da Família

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1809-8363.2021.v24.28892

Palavras-chave:

Puericultura, Criança, Adesão, Saúde da família

Resumo

A puericultura tem como objetivo promover o acompanhamento sistemático da criança, avaliando seu crescimento e desenvolvimento de forma ininterrupta, a fim de promover e manter a saúde da criança, reduzir incidências de doenças e aumentar as chances desta de crescer e se desenvolver. Este projeto de intervenção (PI) visa aumentar o número de adesão às consultas de puericultura em uma UBS. Frente aos problemas encontrados nessa localidade, como a falta de informação sobre o tema e um número reduzido de agendamentos desse tipo de atendimento, o objetivo principal da intervenção é o de fortalecer essa adesão conscientizando as famílias sobre a importância da vigilância da saúde das crianças. Para o alcance do objetivo, foi desenvolvido um projeto de intervenção para a adesão dos atendimentos em puericultura nas crianças de 0 a 10 anos. O quantitativo de consultas de puericultura aumentou de forma crescente após a implantação do projeto de intervenção na UBS, mantendo-se a frequência e o comprometimento com elas, realizando-se 446 consultas no período desta experiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daysianne Oliveira Magalhães Camelo Martins, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Graduada em Medicina pela Universidade Nilton Lins e pós-graduada em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Ana Suelen Pedroza Cavalcante, niversidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Wallingson Michael Gonçalves Pereira, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Mestre em Saúde Coletiva. Doutorando em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Aline Ávila Vasconcelos, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Mestra em Saúde Coletiva. Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).  Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Gabriel Pereira Maciel, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Mestrando em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Antônio David Magalhães Martins, Centro Universitário INTA (UNINTA)

Graduando em Medicina pelo Centro Universitário INTA (UNINTA).

Downloads

Publicado

2021-11-05

Edição

Seção

Relatos de Experiência