EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NO TRATAMENTO DO DIABETES NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: VENCENDO BARREIRAS

  • Pauline Cristiane Moura Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
  • Geórgia das Graças Pena Pena Universidade Federal de Minas Gerais
  • Juliana Bohnen Guimaraes Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
  • JANICE SEPULVEDA REIS Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
Palavras-chave: Diabetes Mellitus, Educação Alimentar e Nutricional, Atenção Primária à Saúde.

Resumo

O diabetes é um problema de saúde pública que exige acompanhamento nutricional constante para alcance de metas do tratamento e a maioria das pessoas são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde, onde o relato de dificuldades com o plano alimentar e não adesão ao tratamento são frequentes. O objetivo deste estudo foi avaliar um programa de educação nutricional diferenciado para Estratégias de Saúde da Família e identificar fatores que dificultam o seguimento do plano alimentar. Trata-se de um estudo longitudinal, com 77 pessoas com diabetes, que foram clinicamente avaliados, receberam educação e orientação nutricional em um programa individual de 60 minutos, sendo reavaliados em 3 meses, com melhora significativa da qualidade alimentar (diminuição do consumo mensal de óleo e açúcar e melhora do perfil de ingestão alimentar), e identificação dos principais fatores que limitavam o tratamento, como comer em menor quantidade, alimentar-se em horários regulares, as restrições alimentares e a ansiedade. Não houve associação entre dificuldade em seguir a dieta com as variáveis renda, escolaridade e estado civil. Educação nutricional focada em diferentes realidades, com baixo custo e fácil realização, é possível de ser realizada na Atenção Primária com bons resultados, abrindo a perspectiva para diferenciação do programa de educação em grupos, com otimização do tempo dos profissionais nesta realidade.

Biografia do Autor

Pauline Cristiane Moura, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
Pós Graduação- Mestrado Profissional
Juliana Bohnen Guimaraes, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
Pós Graduação- Mestrado Profissional
JANICE SEPULVEDA REIS, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte
Pós Graduação- Mestrado Profissional
Publicado
2018-12-20
Seção
Artigos Originais