Distribuição geográfica de Scinax crospedospilus (Anura, Hylidae), incluindo novos registros na Mata Atlântica de Minas Gerais (Brasil)

  • Adriano Lima Silveira Biótica Estudos Ambientais, João Pinheiro, MG, Brasil
  • Lucas Soares Vilas Boas Ribeiro Amplo Engenharia e Gestão de Projetos Ltda., Belo Horizonte, MG, Brasil
  • Tiago Teixeira Dornas Amplo Engenharia e Gestão de Projetos Ltda., Belo Horizonte, MG, Brasil
  • Taís Nogueira Fernandes Vale S.A., Nova Lima, MG, Brasil
Palavras-chave: Amphibia, Biogeografia, Conservação, Taxonomia, Perereca

Resumo

A perereca Scinax crospedospilus foi descrita com base em síntipos coletados no vale do rio Paraíba do Sul e posteriormente foi registrada em várias localidades na Mata Atlântica dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Apresenta-se um amplo mapeamento da espécie, baseado em revisão bibliográfica, análise de coleções científicas e amostragens em campo, incluindo novos registros na Mata Atlântica de Minas Gerais. Scinax crospedospilus foi coletado em algumas localidades de Mariana, na borda oriental do Quadrilátero Ferrífero, mostrando-se raro na região. Com a análise de coleções, foram localizados exemplares procedentes de 13 municípios localizados em diversas unidades de relevo. Em campo se observou que S. crospedospilus possui certa tolerância a perturbações do hábitat, realiza reprodução em pequenas represas na borda de floresta alterada e os machos vocalizam à noite sobre árvores e arbustos na margem d’água e, em período vespertino, no dossel de árvores baixas, inclusive dentro de bromélias. Os dados levantados permitiram concluir que S. crospedospilus é endêmico da Mata Atlântica e possui uma ampla distribuição pelo bioma no Sudeste do Brasil.

Publicado
2020-07-31