Personalidade em animais: o que diz a ciência?

  • Aline Cristina Sant'Anna Departamento de Zoologia, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Juiz de Fora,Juiz de Fora, MG.
  • Tiago da Silva Valente Grupo de Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal (ETCO), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, Campus de Jaboticabal, SP.

Resumo

Todas as pessoasque, em algum momento da vida, tiveram estreito contato com animais são capazesde caracterizálos de acordo com aspectos do comportamento, utilizando adjetivos como ‘brincalhão’, ‘tímido’, ‘medroso’, ‘nervoso’, ‘agressivo’, ‘carente’, ‘amigável’,‘agitado’ na tentativa deexpressar a individualidade de seus animais. Mas, como a ciência vem abordando esse tema? Quais as origens destas diferenças?O conceito de personalidade é legítimo para quais animais? E, principalmente, quais são suas implicações na vida dos animais? Ao longo desse texto buscaremos responder a esses questionamentos.

Publicado
2017-01-13