Ocorrência de Mazama gouazoupira (Fischer, 1814) na região sudoeste do Rio Grande do Sul, pampa brasileiro

  • Mariane B. Teixeira
  • Evanhoé Lepkoski
  • Roberto Vieira
  • Getúlio Fernandes
  • Rafaela Dornelles
  • Mauricio Ávila
  • Joceleia Koenemann
  • Édison Oliveira

Resumo

Este estudo fornece registros de Mazama gouazoupira, conhecido popularmente por veado-catingueiro, para a região Sudoeste do Rio Grande do Sul. A espécie foi registrada em vários estudos de levantamentos realizados na região, inclusive em maio de 2008, registrada através da coleta de vestígios na área do Parque Estadual do Espinilho, no município de Barra do Quaraí. Pertencente à família Cervidae, esta espécie é geralmente encontrada em bordas de mata, vassourinhas, banhados, savanas e outros tipos de vegetação aberta. Considerada vulnerável segundo o Livro Vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul, Mazama gouazoupira é registrada somente para a Estação Ecológica de Aracuri - Esmeralda localizada no planalto, em região de matas com araucária, vassourais e campos, há cerca de 270 Km da capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. A importância destes registros sugere a existência de populações associadas à Bacia do Rio Quaraí e outros locais isolados onde possa ser um dos poucos ambientes com um número significativo de indivíduos. O registro desta espécie demonstra a necessidade de maiores investigações sobre as populações de Mazama gouazoupira, para esta e demais regiões do Estado, contribuindo assim, para a ampliação do conhecimento sobre este tipo de fauna da região.

Publicado
2012-03-29
Seção
Comunicação Científica