Infestação por carrapatos em Boa constrictor constrictor (Linnaeus, 1758) de cativeiro, em Mossoró, Rio Grande do Norte

  • Josivania Soares Pereira Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Carlos Eduardo Vieira Dias Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Thales Marcel Bezerra Filgueira Universidade Federal do Ceará
  • Carlos Iberê Alves Freitas Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Sílvia Maria Mendes Ahid Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Resumo

No presente estudo identificou-se carrapatos coletados em Boa constrictor constrictor provenientes do Parque Zoobotânico Onélio Porto da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), em Mossoró, Rio Grande do Norte. Foi realizadobusca de carrapatos encontrados no ambiente de manutenção das serpentes. Na superfície corporal das mesmas, foram coletados 63 ixodídeos, identificados como 12 fêmeas e 18 ninfas de Amblyomma rotundatum; 33 argasídeos, sendo duas fêmeas, 30 larvas e uma ninfa pertencentes ao gênero Ornithodoros. No Parque Zoobotânico Onélio Porto da UFERSA foram coletados 481 carrapatos, sendo Amblyomma (136 fêmeas; uma ninfa) e Ornithodoros (265 fêmeas, 23 machos, 52 ninfas e quatro larvas). Em Mossoró, RN através do presente estudo notifica-se pela primeira vez o parasitismo por Ornithodoros sp. em B. constrictor mantidas em cativeiro.

Publicado
2014-01-20
Seção
Comunicação Científica