Variação sazonal, recrutamento e hábitos alimentares de Tetragonopterus chalceus Spix & Agassiz, 1829 (Characiformes, Characidae), no Rio Santo Antônio, Bahia, Brasil

  • Marissol Pascoal Ferreira
  • Alexandre Clistenes de Alcântara Santos

Resumo

O Rio Santo Antônio é o principal tributário do curso superior do Rio Paraguaçu e Tetragonopterus chalceus Spix e Agassiz, 1829 é uma espécie de peixe abundante nesta área e em outras bacias Neotropicais. Este estudo analisou a variação sazonal, recrutamento e hábitos alimentares desta espécie no Rio Santo Antônio. Foram realizadas coletas de Agosto de 1998 a Julho de 1999. A abundância foi utilizada para os estudos de sazonalidade entre os períodos seco e chuvoso, e o comprimento
padrão para o recrutamento. A composição da dieta foi estudada por métodos quantitativos e qualitativos, combinados pelo Índice de Importância Alimentar. A espécie foi constante na área de estudo, sendo coletados 105 espécimes no período seco e 92 no chuvoso, não sendo possível evidenciar diferenças significativas entre as estações. A distribuição de freqüência do comprimento foi correlacionada com o recrutamento durante o período chuvoso. Sessenta e um estômagos foram analisados e T. chalceus apresentou hábito alimentar onívoro, alimentando-se de matéria animal e vegetal nas mesmas taxas. A importância de itens como algas
filamentosas para os indivíduos jovens e itens maiores, como camarões e peixes para os adultos foi registrada, permitindo inferir sobre diferenças ontogenéticas na dieta.
Publicado
2009-08-11