Jogos horríficos

o horror como performance em À meia noite levarei sua alma

  • Lucas Procópio Caetano Universidade Estadual de Campinas

Resumo

O presente artigo analisa o longa-metragem À meia-noite levarei sua alma (1964) sob a luz dos estudos atorais com o intuito de identificar, a partir da atuação de José Mojica Marins como o protagonista Zé do Caixão, os recursos utilizados na construção performática do ator, e de que maneira estes dialogam com o gênero horror, ao qual o filme se filia.

Publicado
2019-08-08