Zanzalá – Revista Brasileira de Estudos de Ficção Científica (ISSN 2236-8191) é a primeira revista acadêmica brasileira, peer-reviewed, dedicada aos estudos da ficção científica em suas múltiplas plataformas ou manifestações: prosa, poesia, cinema, televisão, teatro, música, videogames, etc. Trata-se de uma publicação vinculada ao grupo de pesquisa (CNPq) GENECINE (Grupo de Estudos sobre Gêneros Cinematográficos e Audiovisuais), sediado no Depto. de Cinema do Inst. de Artes da Universidade Estadual de Campinas. Sua publicação é anual e a revista permanece como patrimônio científico da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), berço do projeto original e instituição de acolhimento da infra-estrutura necessária à sua publicação. São aceitos textos nas categorias Dossiê, Autores Convidados, Artigos, Short Papers, Resenha, Entrevista e Video-Ensaio, em 5 línguas: português, inglês, espanhol, francês e italiano. O título da revista homenageia um romance fundamental na história da literatura brasileira de ficção científica: Zanzalá e O Reino do Céu (1949), de Afonso Schmidt. Na obra de Schmidt, Zanzalá é o nome da cidade utópica erguida num vale situado no sopé da Serra do Mar – a mesma localização de Cubatão, onde o autor nasceu em 1890. O romance de Schmidt foi publicado pela primeira vez em capítulos no jornal O Estado de S. Paulo, em 27 de fevereiro de 1928. Em 1949, o romance completo foi lançado em volume único pela editora Clube do Livro.  Zanzalá também significa “flor de Deus”, nome dado à flor “aleluia” que floresce no coração da Serra do Mar.

Zanzalá – The Brazilian Journal for SF Studies (ISSN 2236-8191) is the first Brazilian academic journal, peer-reviewed, dedicated to the study and research of science fiction in multiple formats: literature, film, television, theater, music, games, etc. Zanzalá is affiliated to the research group (CNPq) GENECINE (Studies on Film and Audiovisual Genres), based at the Institute of Arts, University of Campinas. This journal is published once a year by the Federal University of Juiz de Fora (UFJF), where this whole project had its start. Texts are accepted in 3 categories: Dossier, Guest Authors, Articles, Short Papers, Review, Interview, and Video-Essay, in 5 languages​​: Portuguese, English, Spanish, French and Italian. The title of the journal honors a seminal novel in the history of Brazilian science fiction literature: Zanzalá and the Kingdom of Heaven (1949), by Afonso Schmidt. In Schmidt’s novel, Zanzalá is the name of the utopian city set in a valley at the foot of Serra do Mar – the same location of the city of Cubatão, where the author was born in 1890. Schmidt’s novel was first published in chapters on the newspaper O Estado de S. Paulo, on February 27, 1928. In 1949, the full-length novel was released in a single volume published by Clube do Livro. Zanzalá also means “flower of God”, the name given to the flower “Hallelujah” that flourishes in the heart of Serra do Mar.