Goffman na era digital: um estudo da interação no WhatsApp

Autores

  • Maria do Carmo Leite de Oliveira Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO)

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-2243.2021.v25.33799

Resumo

Os estudos de Goffman sobre a interação se restringem, em geral, ao ambiente de copresença. Neste trabalho, analiso como insights goffmanianos relativos à visibilidade dos interagentes em copresença podem ser aplicados a um tipo de interação virtual em que o ator social não se faz visível por meio dos recursos típicos de uma interação face a face. Para tanto, examino um tipo de WhatsApp frequente no primeiro ano da pandemia de COVID-19: o de compartilhamento de objeto sem o acompanhamento de mensagem (escrita ou em áudio) produzida por quem o enviou. Defendo que o legado de Goffman vai além dos limites da copresença e das fronteiras que separam o tempo em que a obra foi produzida e o tempo atual, marcado pela velocidade das mudanças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-17