A contemporaneidade de Goffman em tempos de redes sociais: reações a uma denúncia de racismo corporativo

Autores

  • Cleide Maria de Mello PUC-Rio

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-2243.2021.v25.33767

Resumo

A partir de uma postagem-denúncia do empresário Theo Van der Loo sobre racismo em uma rede social e de um curso sobre o legado de Goffman aos estudos da interação social, este artigo tem os objetivos de analisar se os comentários dos internautas se assemelham às interações presenciais e em que medida a teoria de Goffman, originalmente baseada em comunicação face-to-face, pode respaldar também essas comunicações por meios digitais. Com o aporte teórico das obras de Goffman (1974, 1975, 1981, 2011) além de Gastaldo (2008) e Biar (2020) sobre comunicação mediada por computador, percebemos que o legado de Goffman segue válido em tempos de redes sociais e dá suporte ao legado do empresário Van der Loo de maior diversidade nas empresas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-17