Processos fonológicos na escrita infantil: efeitos de estabilidade e instabilidade

Autores

Resumo

Neste estudo analisamos a escrita inicial de crianças das três primeiras séries dos anos iniciais do Ensino Fundamental de duas escolas da cidade de Santos, SP. O objetivo do estudo é verificar de que forma dois processos fonológicos do português brasileiro se manifestam na escrita inicial: a harmonização vocálica (HV) e o sândi externo. Partimos dos resultados de Bohn e Souza (2017) para a harmonização vocálica e comparamos estes resultados com dados de sândi externo coletados para o presente estudo. O resultado da análise nos mostra que tais processos têm diferentes reflexos na escrita: a HV apresenta maior instabilidade e o sândi externo maior estabilidade, indício de que esses processos possam ter propriedades distintas na língua adulta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-13