Oralidade e diversidade linguístico-cultural: um desafio para aulas de língua portuguesa

  • Marlúcia Maria Alves
  • Juliana de Fátima Batista

Resumo

Este artigo tem por objetivo discutir a oralidade e o respeito à diversidade linguístico-cultural no
ensino de Língua Portuguesa. Nesse sentido, são tecidas considerações acerca da oralidade propostas por Fávero,
Andrade e Aquino (2011) e por Cagliari (1992), bem como considerações acerca da pedagogia da variação
linguística proposta por Erickson (1987), Bortoni-Ricardo e Dettoni (2001) e Cyranka (2015), principalmente.
Como resultado, é apresentada para professores de ensino fundamental uma sequência didática que envolve a
oralidade e a escrita buscando promover um ensino culturalmente sensível.

Publicado
2020-01-28