Considerações sobre o papel da leitura extensiva no ensino de latim no Brasil

  • Rafael Trindade dos Santos
  • Leni Ribeiro Leite

Resumo

Discute-se aqui a necessidade e as possibilidades de inserção de leitura voluntária extensiva no
contexto brasileiro de ensino de latim. Entende-se a fundamental importância deste tipo de leitura de acordo
com as pesquisas em aquisição de segunda língua (SLA), que têm produzido consistentemente evidência
em favor da hipótese de que uma língua só pode ser adquirida através da exposição a input compreensível.
No caso das línguas clássicas, a leitura é a principal forma de input, e o objetivo maior dos alunos
interessados nelas. A maior dificuldade, no entanto, reside naturalmente no exíguo espaço de tempo
oferecido pelas disciplinas de graduação, situação em que a maior parte do ensino de latim ocorre no Brasil.
Interessamo-nos em investigar o que tem sido feito neste sentido, como o uso de metodologias híbridas, e
o que mais pode ser feito nesta direção.

Publicado
2019-10-16