Considerações sobre a questão da correção linguística na Institutio oratoria de Quintiliano: a escrita, seu ensino e a origem da gramática

  • Marcos Aurelio Pereira

Resumo

A exposição visa comentar brevemente o surgimento das antigas reflexões sobre a linguagem
e, nesse contexto, a defesa do ensino de uma forma de língua determinada segundo Quintiliano. Trata-se,
na verdade, de pensar como a linguagem, tendo-se tornado, ao longo do tempo, objeto de consideração de
diferentes disciplinas (gramática, retórica, dialética, mas também música, poética etc) já no mundo antigo,
enseja a constituição de um saber metalinguístico num contexto, ao mesmo tempo, de separação e
confluência de diferentes domínios, sem esquecer o contato entre diferentes culturas, destacadamente após
a constituição da escrita, encarregada justamente de preservar os textos fundamentais das culturas grega e
romana.

Publicado
2019-10-16