3) As relativas livres infinitivas no PB

  • Ani Carla Marchesan (UFFS)
  • Carlos Mioto (UFSC)

Resumo

Inglês: Infinitive free relatives in BP
This article aims at discussing the so-called Infinitival Free Relatives through Generative Grammar perspective. These sentences attract the scholars' interest because they have properties that deviate from Free Relatives (FR). In BP, the Wh pronoun that introduces the FR has to be of the appropriate category required by the matrix verb. However, some infinitival FR seem to be non-matching, constituting a puzzle that has resisted a convincing explanation. Our solution starts from the observation that not every clause that is considered an infinitival FR is in fact a FR. Thus, we established that as a general rule, a FR is a sentence that meets the requirements of the matrix clause.
Keywords:
free Relatives; infinitival free relatives; matchingr equirement.


Tradução:
Este trabalho objetiva discutir as chamadas relativas livres (RLs) infinitivas pelo viés da Gramática Gerativa. Essas sentenças despertam o interesse de estudiosos porque têm propriedades que as afastam das RLs propriamente ditas. No PB, a expressão Wh que introduz a RL tem que ser da categoria requerida pela sentença matriz. No entanto, algumas RLs infinitivas parecem não atender a esse requisito, o que têm se constituído num quebra-cabeças que tem resistido a uma explicação convincente. Nossa solução parte da observação de que nem tudo o que é considerado uma RL infinitiva é de fato uma RL. Assim, estabelecemos que, como regra geral, uma RL é uma sentença Wh que tem que respeitar as exigências oriundas da sentença matriz.
Palavras-chave: relativas livres; relativas livres infinitivas; requerimentos de compatibilidade.

Publicado
2016-06-16
Edição
Seção
Artigos