15) O apagamento de (-r) em coda nos limites da variação

  • Livia Oushiro (USP)
  • Ronald Beline Mendes (USP)

Resumo

Inglês: Coda (-r) deletion at the limits of variation
Based on Weinreichetal.’s (2006) remarks about the embedding and the actuation problems in language change, this article analyzes the social and linguistic constraints on the variable realization of coda (-r) in the city of São Paulo. We compare three phases of language change: its end (when (-r) is the infinitival morpheme), its intermediate stage (in other word classes) and its beginning (in nouns and adjectives). The results suggest that, in the initial phase, the variation is conditioned only by internal factors and, in the final phase, only by style (defined as attention paid to speech–Labov 2001), which points to the supravernacular nature of (-r)’s continued occurrence in certain contexts.
Keywords: coda (-r); language variation; language change; the embedding problem; São Paulo Portuguese.


Tradução:
A partir das considerações de Weinreichet al. (2006) sobre a questão do encaixamento e da implementação da mudança linguística, este artigo discute os condicionamentos sociais e linguísticos do apagamento variável de (-r) em coda silábica,em São Paulo.Comparam-se três estágios da mudança linguística: seu final (enquanto morfema de infinitivo),um intermediário (em outras classes de palavras) e um inicial (quando se consideram apenas substantivos e adjetivos). Os resultados indicam que, nos estágios iniciais, a variação é condicionada apenas por fatores internos ;nos estágios finais, prevalece o estilo (definido como grau de atenção à fala–Labov ,2001), o que aponta para a natureza supravernacular da manutenção de (-r) em certos contextos.
Palavras-chave: (-r) em coda; variação; mudança linguística;questão do encaixamento;português paulistano.
Publicado
2016-06-15
Edição
Seção
Artigos