6) Efeitos do bilinguismo e do envelhecimento no desempenho em testes de fluência verbal

  • Johanna Dagort Billig (UFCSPA)
  • Ingrid Finger (UFRGS)

Resumo

Inglês: The present study aimed at investigating the impact of bilingualism and aging on lexical access. Therefore, the performance of 136 participants (68 monolinguals and 68 bilinguals) from 30 to 72 years old on two verbal fluency tests (semantic and letter) commonly used by health professionals was analysed. Our results suggest no effect of bilingualism or aging on the semantic fluency test. However, our results revealed a positive impact of bilingualism on the letter fluency test, which suggests that bilingualism can act as a source of cognitive reserve.
Key-words:
bilingualism; aging; lexical access; semantic fluency; letter fluency.


Tradução:  O presente estudo buscou investigar o impacto do bilinguismo e do envelhecimento no acesso lexical. Para tanto, avaliamos o desempenho de 136 participantes de duas faixas etárias (30-50 anos e 60-72 anos), sendo 68 bilíngue e 68 monolíngues, de baixa escolaridade, em duas tarefas de fluência verbal–semântica e fonológica–comumente usadas por profissionais da saúde para diagnóstico de demência.Os resultados da tarefa de fluência semântica não sugerem um efeito significativodo bilinguism o ou do envelhecimento, mas os resultadosobtidos na tarefa de fluência fonológica indicam que o bilinguismo pode atuar como um fator de proteção contra o declínio cognitivo associado ao envelhecimento normal.
Palavras-chave:
bilinguismo;envelhecimento; acesso lexical;fluência semântica;fluência fonológica.

Publicado
2016-06-08
Edição
Seção
Artigos