Modernidade e religião (e política) na proposta de filosofia transformativa de Sri Aurobindo

Autores

  • Daniel Faria Ribeiro Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2023.v20.41320

Palavras-chave:

Sri Aurobindo, Estudos Pós-coloniais, Domínio do espiritual, Modernidade

Resumo

A proposta do artigo é abordar o pensamento do filósofo indiano Aurobindo Ghose (1872-1950), mais conhecido como Sri Aurobindo, como uma possível referência aos estudos de religião em uma perspectiva pós-colonial. O objetivo principal será analisar o modo como Sri Aurobindo pensava a religião – em termos de filosofia e de práxis – enquanto uma plataforma de resistência e diálogo no contexto de colonialidades do mundo moderno. Para tanto, recorre-se ao aporte teórico de alguns cientistas políticos e/ou sociais, entre eles Ashis Nandy (2015), Partha Chatterjee (1993) e Dipesh Chakrabarty (1995), buscando compreender a concepção de “espiritualidade”, projetada pelo filósofo, enquanto um domínio imaginado abarcando os binômios de razão/religião e tradição/modernidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Oswald de. Do Pau-Brasil à Antropofagia e às Utopias. Obras Completas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970.

AUROBINDO, Sri. The Renaissance in India and Other Essays on Indian Culture. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 1997a.

AUROBINDO, Sri. Karmayogin. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 1997b.

AUROBINDO. Sri. Essays On The Gita. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 1997c.

AUROBINDO, Sri. Essays in Philosophy and Yoga. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 1998.

AUROBINDO, Sri. Kena and Other Upanishads. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 2001.

AUROBINDO, Sri. The Life Divine. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 2005.

AUROBINDO, Sri. Autobiographical Notes and Other Writings of Historical Interest. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 2006.

CHAKRABARTI, Sumit. Third World intellectuals and their theories in the first world academia: a study of the writings of Said, Bhabha and Spivak. 2008. Tese (doutorado em Filosofia) – Jadavpur University, 2008.

CHAKRABARTY, Dipesh. Radical Histories and Question of Enlightenment Rationalism: Some Recent Critiques of ‘Subaltern Studies’. Economic and Political Weekly, vol. 30, no. 14, 1995, pp. 751–59. JSTOR. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/4402598. Acesso em: 25 May 2023.

CHATTERJEE, Partha. The Nation and its Fragments. Colonial and Postcolonial Histories. Princeton: Princeton University Press, 1993.

GANGULY, Keya. Disaffection, Sedition, and Resistance: Aurobindo Ghose and

Revolutionary Thought. In: DECKARD, Sharae; VARMA, Rashmi (Ed.). Marxism,

Postcolonial Theory and the Future of Critique. London: Routledge, 2018. p. 141-164.

GOHN, Carlos Alberto. Sabor e som: Sri Aurobindo, Tradutor indiano. 1994. Tese (doutorado em Literatura Comparada) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1994.

LOUNDO, Dilip. De-territorializing Experiences: Translating Between Indian and Brazilian Postcolonial Languages. Sur / South: poetics and politics of thinking Latin America-India, edited by Susanne Klengel and Alexandra Ortiz Wallner, Frankfurt a. M., Madrid: Vervuert Verlagsgesellschaft, p. 241-256, 2016.

LOUNDO, Dilip. Os Upaniṣads e o projeto soteriológico da Escola Vedānta. Paralellus, Recife, v.12, n.29, p.167-180, jan./abr. 2021.

LOUNDO, Dilip. O conceito de Ṛṇa (Dívida) no Hinduísmo: Swami Vivekananda e a ética da não-dualidade (advaita). Interações, Belo Horizonte, v. 17, n. 01, p. 74-88, jan./jul.2022.

MISHRA. Pankaj. From The Ruins of Empire. The Revolt Against the West and The

Remaking of Asia. London: Allen Lane, 2012.

NANDY, Ashis. A imaginação emancipatória. Desafios do século 21. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2015.

PIZA, Suze de Oliveira & PANSARELLI, Daniel. Sobre a descolonização do conhecimento: a invenção de outras epistemologias. Estudos de Religião, v. 26, n. 43, p. 25-35, 2012.

PURANI, A. B. The Life of Sri Aurobindo. Pondicherry: Sri Aurobindo Ashram, 2006.

RIBEIRO, Daniel Faria. “O Uno que é Múltiplo”: a circularidade entre a filosofia de Sri Aurobindo e os Upaniṣads. 2022. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2022.

Downloads

Publicado

2023-08-18

Como Citar

FARIA RIBEIRO, D. Modernidade e religião (e política) na proposta de filosofia transformativa de Sri Aurobindo. Sacrilegens , [S. l.], v. 20, n. 1, 2023. DOI: 10.34019/2237-6151.2023.v20.41320. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/41320. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Modernidade e Religião