Literatura e Religião nas obras Adeus às Armas e Olhai os Lírios do Campo

Autores

  • Presley Henrique Martins PUC-Campinas
  • Angélica Jurity Martins PUC-Campinas

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-6151.2020.v17.32707

Palavras-chave:

Religião; Literatura; Hemingway; Érico Veríssimo.

Resumo

Resumo: o artigo busca analisar a relação entre religião e literatura, a partir da interpretação das obras Adeus às Armas, de Ernest Hemingway e Olhai os Lírios do Campo, de Érico Veríssimo. Para alcançar o objetivo proposto, num primeiro momento, o texto procura estabelecer a base metodológica que possibilita o estudo entre religião e literatura. A partir do esclarecimento do método antropológico, o artigo analisa as obras Adeus ás Armas e Olhai os Lírios do Campo e procura mostrar como a questão de Deus é pensada nessas obras, publicadas em contextos próximos.

Referências

AGUIAR, Luiz Antonio. Introdução. In: HEMINGWAY, Ernest. Adeus às Armas. 8 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013, p. 7-9.

BINGEMER, Maria Clara. Teologia e Literatura: afinidades e segredos compartilhados. Petrópolis, RJ: Vozes; Rio de Janeiro: Editora PUC, 2015.

BESSA, Daniela Borja. O discurso religioso em Olhai os Lírios do Campo. Belo Horizonte: UFMG, 2000, 140 p. Dissertação (Mestrado em Letras). Programa de PósGraduação em Letras: Estudos Literários da Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, 2000.

BESSA, Daniela Borja. O discurso religioso em Olhai os Lírios do Campo. Belo Horizonte: revista teologia prática, v.1, n.1, p. 31-37, 2002.

CIORAN, Emil Michel. Silogismos da amargura. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2011.

HEMINGWAY, Ernest. Adeus às Armas. 8 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.

SILVEIRA, Karina Masci. Teopoética - um campo de pesquisa para cientistas da religião? São Paulo: revista último andar, n. 34, p. 138-165, 2019.

SOARES, Afonso Maria Ligorio. A teologia em diálogo com a ciência da religião. In: USARSKI, Frank (Org.). São Paulo: Paulinas, 2002.
STEWART, Jon. Soren Kierkegaard: subjetividade, ironia e a crise da modernidade. Tradução Humberto Araújo Quaglio de Souza. Petrópolis: Vozes, 2017.

TILLICH, Paul. A coragem de ser. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 1977.

VERÍSSIMO, Érico. Olhais os Lírios do Campo. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

VILLAS BOAS, Alex. O Método Antropológico no diálogo entre Teologia e Literatura em Antônio Manzatto. Revista de Cultura Teológica, [S.l.], n. 95, p. 24-48, maio 2020. ISSN 2317-4307. Disponível em: <http://revistas.pucsp.br/culturateo/article/view/46974>. Acesso em: 18 jun. 2020. doi:https://doi.org/10.23925/rct.i95.46974.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

MARTINS, P. H.; FARIAS JURITY MARTINS, M. A. de. Literatura e Religião nas obras Adeus às Armas e Olhai os Lírios do Campo. Sacrilegens , [S. l.], v. 17, n. 2, p. 247–263, 2020. DOI: 10.34019/2237-6151.2020.v17.32707. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/sacrilegens/article/view/32707. Acesso em: 16 abr. 2021.