A poética imagética-semiótica de Jalãl al-Din Rûmî: uma alusão ao encontro Eu-tu como mística do encontro com a divindade

  • Celeide Agapito Valadares Nogueira
Palavras-chave: Poética de Rûmî, Francisco de Assis, encontro/relação, Eixo-amor

Resumo

Este artigo busca uma hermenêutica da poética imagética de Rûmî com o intento de vislumbrar as facetas deste místico sufi que o levam a considerar a vida
vivida e experienciada no amor humano, na relação com o outro, como possibilidade de ascensão ao amor divino e, nesse sentido, faz uma aproximação com a mística cristã de Francisco de Assis e a fraternidade cósmica. A poética de Rûmî traz em seu bojo, particularmente, a questão da alteridade como porta de amor a Deus. É na relação/encontro com o tu que o Eu se completa e se espelha, e consequentemente se encontra com o Amado. A aniquilação do pequeno eu (fanâ) reporta-nos a Kénosis crística, entendendo a aniquilação do eu (ego individual) como promissora do Eu (Ana), o maior e mais belo. O verdadeiro sujeito não é entendido como um “eu mônada solipsista”, mas um Eu que está em comunhão de relações com o semelhante, o mundo e Deus, numa união cósmica, através da unicidade no sentimento de amor – dessa forma a ausência física não anula a presença espiritual, pois tudo está interligado.

Referências

ALVES, Rubem. Retrato de amor. Campinas, SP: Papirus, 2002.
CARVALHO, José Jorge de. POEMAS MÍSTICOS/ RUMI – Divan de Shams de Tabriz. Tradução e Introdução de José Jorge de Carvalho. São Paulo: Attar, 1996.
BUBER, Martin. Eu e Tu. Tradução Newton Aquiles Von Zuben. São Paulo: Centauro, 2001.
GRÜN, Anselm; MÜLLER, Wunibald. A Alma: seu segredo e sua força. Tradução de Edgar Orth. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.
LUCCHESI, Marco. A Sombra do Amado: Poemas de Rûmî. São Paulo: Fisus, 2000.
LUCCHESI, Marco e TEIXEIRA, Faustino. O canto da Unidade: Em torno da poética de Rûmî. Rio de Janeiro: Fissus, 2007.
NICHOLSON, Reynold Alleyne. Los Místicos Del Islam. Version Española de Fernando Valera. Coleccion “Mistica y Religion”. México: Ediciones Orion, 1945.
RÛMÎ, Mawlana Djalâl Od-Dîn. Odes Mystiques (Dîvân-E Shams-E Tabrîzî). Traduction du Persan ET notes par Eva de Vitray-Meyerovitch ET Mohammad Mokri. Éditions Du Seuil/Éditions UNESCO, 1973.
SCHUON, Frithjof. Para Compreender o Islã. Tradução de Mateus Soares de Azevedo. Rio de Janeiro: Nova Era, 2006.
TEIXEIRA, Faustino. Rûmî: a paixão pela unidade. REVER (PUCSP), São Paulo, v. 3, n. 4, 2003, pp. 20-41.
TEIXEIRA, Faustino; BERKENBROCK, Volney (Organizadores). SEDE DE DEUS – Orações do Judaísmo, Cristianismo e Islã (Vários autores). Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.
Publicado
2010-03-25
Como Citar
AGAPITO VALADARES NOGUEIRA, C. A poética imagética-semiótica de Jalãl al-Din Rûmî: uma alusão ao encontro Eu-tu como mística do encontro com a divindade. Sacrilegens , v. 7, n. 1, p. 115-131, 25 mar. 2010.