Avaliação da influência do dispositivo de coleta de saliva na análise de imunoglobulina A secretora e alfa-amilase

  • Caroline Cotes Marinho Universidade Federal de Juiz de Fora / Juiz de Fora - MG
  • Marcio José da Silva Campos
  • Christiane Silveira
  • Ana Paula Ferreira
  • Robert Willer Farinazzo Vitral

Resumo

Introdução: A saliva humana tem sido amplamente utilizada para quantificar biomarcadores com finalidade científica e de diagnóstico, pois sua coleta é simples, não-invasiva e livre de estresse.  O Salivette é o dispositivo de coleta de saliva mais empregado, devido à sua praticidade e aceitação pelo paciente, entretanto é desconhecida a influência de sua versão de poliéster nas análises das concentrações salivares de algumas substâncias.  Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do Salivette poliéster na determinação das concentrações salivares de sIgA e alfa-amilase. Métodos: Foram coletadas amostras de saliva de 15 adultos jovens com bom estado de saúde, livres de infecções e mucosa bucal íntegra. Cada amostra de saliva foi dividida em duas porções: uma foi colocada sobre o poliéster do Salivette e a outra foi mantida no frasco original (controle), todas foram centrifugadas e armazenadas a -80ºC até a análise laboratorial. Resultados: As amostras salivares passadas pelo Salivette mostraram uma redução estatisticamente significante da concentração de sIgA, com uma redução de 17,3%±15,2, porém esta diferença não foi significante para as concentrações de alfa-amilase (p<0,05). Conclusão: A utilização do Salivette poliéster para coleta de saliva não influencia a concentração de alfa-amilase, porém altera de forma significante os níveis de sIgA.
Publicado
2011-11-07