Melhoria da resistência ao rasgo de tecido plano através do planejamento de experimentos

  • Gilson Marques Pinheiro
  • Bruna Caroline Resende Sousa
  • Cássia de Paiva Costa Basílio
  • Claudiney Alves da Silva
  • Geraldo Nilton de Oliveira
Palavras-chave: Indústria têxtil, Qualidade, Resistência ao rasgo, Planejamento de experimentos

Resumo

A resistência ao rasgo é característica de grande importância na indústria têxtil, uma vez que determina a durabilidade e aplicabilidade do tecido. Portanto, tecidos com baixos valores de resistência, que é o caso analisado neste trabalho, geram retrabalhos, segunda qualidade e atraso na entrega, o que afeta o atendimento às necessidades dos clientes e, consequentemente, a competitividade da empresa. Através do levantamento de dados dos processos, constatou-se que o tipo de acabamento aplicado ao tecido influencia diretamente nos valores de resistência ao rasgo. Dessa maneira, através da aplicação da metodologia do planejamento de experimentos (DOE – Design of Experiments), verificou-se o efeito dos diversos produtos das receitas de acabamento do tecido nos valores de resistência ao rasgo. Em decorrência das análises realizadas,
foram implantadas alterações naquelas receitas sem, contudo, modificar os fatores de construção do tecido. Os resultados se mostraram significativamente melhores, resultando num aumento médio de 84,4% nos valores de resistência ao rasgo, eliminando o reprocesso e garantindo o atendimento às especificações.