Trem mineiro: paisagens sonoras presentes na história de vida de Wagner Tiso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2022.v16.36429

Palavras-chave:

Paisagem Sonora, Histórias de Vida , Clube da Esquina

Resumo

Neste artigo propomos analisar a paisagem sonora presente em uma narrativa de história de vida produzida com a metodologia adotado pelo Museu da Pessoa. Utilizando como fundamento teórico conceitos elaborados por R. Murray Schafer (2012) tomamos como estudo a história de vida do compositor Wagner Tiso (1945) presente no acervo do Museu. A partir das informações colhidas nas entrevistas registradas, coletamos referências que descrevem e circunstanciam as diversas paisagens sonoras vivenciadas pelo músico, ao longo de sua infância e juventude e que seriam fundantes para a estética do Clube da Esquina, do qual Tiso participou ativamente. Tais informações contribuem para compreender como se dá o pensamento estético e o processo criativo de Tiso. Para esta investigação, selecionamos depoimentos resultantes de entrevistas e analisamos vários “testemunhos auditivos” (SCHAFER, 2012) do músico. Paralelamente, é observada, ainda, a presença da paisagem sonora da canção das mídias (VALENTE, 2003), com o intuito de verificar algumas obras que acabaram por se incorporar à formação artística e intelectual de Tiso. O estudo conclui que a paisagem sonora e seus elementos foram fundamentais para o desenvolvimento do pensamento artístico de Wagner Tiso e de outros membros do Clube da Esquina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloísa de Araújo Duarte Valente, Universidade Paulista

Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora titular do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Midiática pela Universidade Paulista; docente colaboradora junto ao Programa de Pós-graduação em Música (USP). Líder do Centro de Estudos em Música e Mídia - MusiMid.

Marcos Vinicius de Moraes Terra, Museu da Pessoa

Mestre em Comunicação e Cultura Midiática pela Universidade Paulista (UNIP). Diretor do Museu da Pessoa.

Referências

VALENTE, H. As vozes da canção na mídia. São Paulo: Via Lettera, 2003.

MEDAGLIA, J. Música Impopular. São Paulo: Global editora, 2005.

MUSEU DA PESSOA. Tecnologia social da memória. Brasília: Fundação Banco do Brasil: Abravídeo, 2009.

NUNES, T. A sonoridade específica do Clube da Esquina. 2005. 183 f. Dissertação (Mestrado em Música) - Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005. Disponível em: <https://hdl.handle.net/20.500.12733/1601960>. Acesso em: 20 nov. 2021.

SCHAFER, R. M. A afinação do mundo. São Paulo: Editora Unesp, 2012.

THOMPSON, P. A voz do passado - História Oral. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

TISO, W. O Wagner é único (História de vida de Wagner Tiso). Museu da Pessoa, On-line, 29 jun. 2004. Disponível em: <https://acervo.museudapessoa.org/pt/conteudo/historia/o-wagner-e-unico-45530>. Acesso em: 20 out. 2021.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

VALENTE, H. de A. D.; TERRA, M. V. de M. . Trem mineiro: paisagens sonoras presentes na história de vida de Wagner Tiso. Lumina, [S. l.], v. 16, n. 3, p. 127–141, 2022. DOI: 10.34019/1981-4070.2022.v16.36429. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/36429. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos