Narrativas jornalísticas com Vídeos 360:aspectos históricos e conceituais do telejornalismo imersivo

  • Edna de Mello Silva Professora Adjuntada Unifespe docente colaboradora do PPGCOM/UFT
  • Leandro Key HiguchiYanaze Professor Adjunto da Unifesp
Palavras-chave: História do Telejornalismo, Realidade Virtual, Narrativa Imersiva, Jornalismo Imersivo, Telejornalismo Imersivo

Resumo

A Realidade Virtual (VR) como narrativa de imersão tem sido explorada como uma proposta de inovação no jornalismo. O artigo discute como os vídeos 360º são utilizados  no campo do telejornalismo, explorando suas principais características de produção e de linguagem, bem como as possibilidades de fruição no ambiente televisivo, no portal e nas redes sociais como narrativas imersivas. Apresenta a proposta de procedimentos que incluem a revisão de literatura com o estudo das correntes teóricas que discutem as definições técnicas de RV e RA, bem como a de jornalismo imersivo; estabelece o percurso histórico no cenário nacional do campo do jornalismo, além deanalisar um exemplo de utilização de vídeos em 360 graus como narrativa imersiva no telejornalismo, a partir da exibição da cobertura da Batalha de Mossul (Iraque) no telejornal SBT Brasil, de 4 de maio de 2017, a partir das etapas metodológicas de Análise de Conteúdo de Bardin (1977). Os resultados sinalizam as possibilidades dessas narrativas como potencializadoras de imersão e de informação jornalística, destacando que a maioria dos vídeos 360º graus é produzida com formatos jornalísticos televisivos, tendo a nota coberta e a reportagem como principais modelos. As imagens dos vídeos, mesmo consumidas sem óculos especiais, possibilitam a exploração de ângulosdo ambiente em que ocorre o acontecimento noticiado, operando como um dinamizador da sensação de presença do espectador no local da notícia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna de Mello Silva, Professora Adjuntada Unifespe docente colaboradora do PPGCOM/UFT
Doutora em Ciências da Comunicação (ECA-USP) com pós-doutorado pela UFRJ. Professora Adjuntada Unifespe docente colaboradora do PPGCOM/UFT. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa CODE-Unifesp. E-mail: prof.ednamello@gmail.com
Leandro Key HiguchiYanaze, Professor Adjunto da Unifesp

Doutor em Ciências - Sistemas Eletrônicos (POLI-USP). Professor Adjunto da Unifesp. Pesquisador do Grupo de Pesquisa CODE. E-mail: leandro.yanaze@unifesp.br

 

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRAGA, Marta Cristina Goulart. Diretrizes para o design de mídias em realidade aumentada: situar a aprendizagem colaborativa online. Tese (doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento. Florianópolis, SC, 2012.

DE la PEÑA, N. et al. Immersive Journalism: Immersive Virtual Reality for the First-Person Experience of News. Presence. Cambridge. Massachussets Institute of Technology, v.19, n. 4, p. 291-301.

DOMÍNGUEZ, E. Periodismo inmersivo: Fundamentos para una forma periodísticabasadaenlainterfaz y laacción. Tesisdoctoral. Barcelona: Universitat Ramon Llull (Comunicación), 2013.

MILGRAM, P.; KISHINO, F. A Taxonomy of Mixed Reality Visual Displays. IEICE Transactions on Information Systems, v. E77-D, n.12, 1994. Disponível em: <http://etclab.mie.utoronto.ca/people/paul_dir/IEICE94/ieice.html>. Acesso em: 11 abr. 2019.

ROCHA, P. M. A. A exploração da realidade aumentada pelo jornalismo: a exposição da informação dos media num espaço aumentado. In: Livro de Atas do 4º Congresso. Literacia, Media e Cidadania. Universidade do Minho. p.475- 491. Disponível em: <http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/article/view/2696>. Acesso em 22 jun 2018.

SBT. Portal SBT. Batalha de Mossul: Famílias enfrentam drama para escapar do Estado Islâmico.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89712-batalha-de-mossul-familias-enfrentam-drama-para-escapar-do-estado-islamico>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Portal SBT. Correspondente Sérgio Utsch vai ao Iraque para cobrir a Batalha de Mossul.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89569-correspondente-sergio-utsch-vai-ao-iraque-para-cobrir-a-batalha-de-mossul>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Portal SBT. Crianças são as maiores vítimas da guerra contra o Estado Islâmico no Iraque.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89821-criancas-sao-as-maiores-vitimas-da-guerra-contra-o-estado-islamico-no-iraque>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Portal SBT. Equipe do SBT entra em rede subterrânea construída pelo Estado Islâmico.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89757-equipe-do-sbt-entra-em-rede-subterranea-construida-pelo-estado-islamico>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Portal SBT. Exército de mulheres garante segurança no norte do Iraque.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89742-exercito-de-mulheres-garante-seguranca-no-norte-do-iraque>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Portal SBT. Exclusivo: SBT acompanha de perto a batalha contra o Estado Islâmico no Iraque.Disponível em: <https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/89669-exclusivo-sbt-acompanha-de-perto-a-batalha-contra-o-estado-islamico-no-iraque>. Acesso em 8abr 2019.

_____. Programa SBT Brasil. Exclusivo: SBT acompanha de perto batalha contra o Estado Islâmico no Iraque - SBT Brasil.Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=KiCn7blVzGY>. Acesso em 8abr 2019.

SEIJÓ, S. P.; LÓPEZ-GARCÍA, X.; CAMPOS-FREIRE, F. La Aplicación de las narrativas inmersivas em losreportajes: estúdio de caso deldiarioespañol ‘El País”. In: GONZÁLES-ESTEBAN, J. L.; GARCÍA-AVILÉS, J. A. (coords.). Mediamorfosis: radiografia de lainnovaciónenel periodismo. Madri: Ed. SociedadEspañola de Periodística, 2018. Disponível em:<http://gicov.edu.umh.es/wp-content/uploads/sites/1344/2018/05/MEDIAMORFOSIS-WEB.pdf> . Acesso em 20 jun 2018.

SEIJO, S. P. Origen y evolucióndel periodismo inmersivoenel panorama internacional. In: Libro de Actas. De losmedios y lacomunicación de lasorganizaciones a las redes de valor.Actasdel II Simposio de laRed Internacional de Investigación de Gestión de laComunicación (XESCOM, Quito - 2016).

Publicado
2019-04-30
Como Citar
de Mello Silva, E., & Key HiguchiYanaze, L. (2019). Narrativas jornalísticas com Vídeos 360:aspectos históricos e conceituais do telejornalismo imersivo. Lumina, 13(1), 29-46. https://doi.org/10.34019/1981-4070.2019.v13.26057
Seção
Dossiê: Narrativas midiáticas, dialogias, migrações e mutações