The entire history of you: as ilusões da memória técnica ou a arte do esquecimento

  • Juracy Oliveira Doutoranda em Tecnologias da Comunicação e Cultura pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Sergiano Silva Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ)
Palavras-chave: Arquivo, Black Mirror, Cultura da memória, Memória técnica, Esquecimento.

Resumo

Nossa época é marcada por uma obsessão pela gravação e pelo arquivamento da nossa experiência através do uso das tecnologias. Tal constatação nos leva a um dos futuros possíveis no tocante à memória técnica, leia-se: uma realidade na qual tornou-se comum o uso de próteses mnemônicas que armazenam todos os dados da percepção, propiciando a rememoração irrestrita do vivido; é precisamente esta a premissa do episódio Toda a sua história da série Black Mirror. A partir da análise do mesmo, o presente artigo almeja esmiuçar as implicações sociais e culturais da tecnologia empregada nele, sobretudo os seus usos e abusos, tomando como base teórica as discussões em torno da memória viva, da cultura da memória, do arquivo, da memorização tecnológica e, também, do esquecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juracy Oliveira, Doutoranda em Tecnologias da Comunicação e Cultura pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGCOM-UERJ) com uma pesquisa sobre interfaces de memória artificiais. Mestre em Comunicação pela mesma instituição (2016). Possui graduação em Letras - Português e Inglês pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem experiência nas áreas de Letras e Comunicação, com maior ênfase nesta última, atuando principalmente nos seguintes temas: cibercultura, entretenimento, novas mídias e memória digital.
Sergiano Silva, Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ)
Graduado em História pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e doutor pela mesma instituição.

Referências

BENJAMIN, Walter. Der Erzähler. In: Gesammelte Schriften v. II. Frankfurt am Main: Suhrkamp Verlag, 1977.

____________________. Charles Baudelaire: Ein Lyriker im Zeitalter des Hochkapitalismus. In: Gesammelte Schriften v. I. Frankfurt am Main: Suhrkamp Verlag, 1974.

BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BORGES, Jorge Luis. Funes el memorioso. In: ______. Ficciones. Madrid: Alianza, 1981.

COLOMBO, Fausto. Os arquivos imperfeitos: memória social e cultura eletrônica. São Paulo: Editora Perspectiva, 1991.

DELEUZE, Gilles. Le bergsonisme. Paris: PUF, 1966.

DERRIDA, Jacques. Mal de arquivo: uma impressão freudiana. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2001.

FREUD, Sigmund. Vorlesungen zur Einführung in die Psychoanalyse und Neue Folge. Frankfurt am Main: Fischer, 1969 (Studienausgabe v. I).

GOFFMAN, Erving. The presentation of self in everyday life. London: Penguin Books, 1990.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. Production of presence: what meaning cannot convey. Stanford: Stanford University Press, 2004.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo, Centauro, 2006.

HOSKINS, Andrew. Archive Me! Media, memory, uncertainty. In: HAJEK, Andrea et al. Memory in a Mediated World: remembrance and reconstruction. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2015.

HUYSSEN, Andreas. Passados presentes: mídia, política e amnésia. In: Seduzidos pela memória: arquitetura, monumentos, mídia. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2000.

NORA, Pierre. Entre memória e História: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, n. 10, dez. 1993.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos. Rio de Janeiro, v. 5, n.10, 1992.

REISZ, Barney; WELSH, Brian. The entire history of you. [Série televisiva-vídeo]. Produção de Barney Reisz, direção de Brian Welsh. United Kingdom: Endemol UK, 2011 (44 min). color. son.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

STIEGLER, Bernard. Memory. In: MITCHELL, W. J. T.; GUMBRECHT, Hans Ulrich. Critical terms for media studies. Chicago: University of Chicago Press, 2010.

Publicado
2019-04-30
Como Citar
Oliveira, J., & Silva, S. (2019). The entire history of you: as ilusões da memória técnica ou a arte do esquecimento. Lumina, 13(1), 105-121. https://doi.org/10.34019/1981-4070.2019.v13.21438
Seção
Dossiê: Narrativas midiáticas, dialogias, migrações e mutações