Consumo contemporâneo e discurso do capitalismo

Autores

  • Julio Cesar Lemes de Castro USP

DOI:

https://doi.org/10.34019/1981-4070.2012.v6.21021

Palavras-chave:

consumo, gozo, discurso do capitalismo

Resumo

O conceito lacaniano de discurso do capitalismo lança luz sobre mecanismos fundamentais da sociedade de consumo contemporânea. No capitalismo tardio, a mercadoria não apenas representa, mais do que nunca, uma condensação de significantes, como é uma expressão direta do mais-de-gozar: o ato de consumir consiste em si mesmo numa fonte de gozo. Na medida em que se reduz o papel de mediação do significante entre o sujeito e o gozo, acelera-se o circuito que vai da promessa de gozo à frustração e a uma nova promessa. Ademais, o gozo torna-se imperativo e acena-se agora com um gozo sem limites. Nesse contexto, é pertinente uma aproximação entre o gozo do consumo e o gozo da adição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-22

Como Citar

DE CASTRO, J. C. L. Consumo contemporâneo e discurso do capitalismo. Lumina, [S. l.], v. 6, n. 1, 2012. DOI: 10.34019/1981-4070.2012.v6.21021. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/21021. Acesso em: 18 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos