Viajantes e livros; leitura, posse e comércio de livros em Portugal no século XVIII

  • Cláudio DeNipoti

Resumo

Uma das principais características das sociabilidades letradas do século XVIII foi a produção e circulação dos livros que transmitiam as novidades, descobertas científicas, relatos de viagem às terras exóticas e as polêmicas filosóficas em torno dos paradigmas disciplinares em desenvolvimento. Este estudo tentará ver como a presença de livros no território continental português do século XVIII foi percebida e representada por viajantes estrangeiros.

Publicado
2019-08-04