O nacionalismo revolucionário e a resistência à ditadura nos anos 1960? no Brasil

  • Fábio A.G. Chagas

Resumo

Entre 1964-67", a resistência armada à ditadura civil-militar no Brasil
foi levada a cabo pela tradição nacionalista revolucionária. Apesar da
presença de comunistas, o protagonismo nacionalista ensejou uma
estratégia distinta da adotada pelos comunistas que deram sequência
à luta. Embora tenha sido vigorosamente derrotado, o nacionalismo
revolucionário acabou por fornecer combatentes para a luta revolucionária
que se iniciara em 1968.
Publicado
2012-04-23
Como Citar
Chagas, F. A. (2012). O nacionalismo revolucionário e a resistência à ditadura nos anos 1960? no Brasil. Locus - Revista De História, 17(2). Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/locus/article/view/20353