Estudo comparativo entre cefalometria manual e computadorizada (análise de Steiner, Tweed e Downs) em telerradiografias laterais

Autores

  • Ana Paula Abdo Quintão Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Robert Willer Farinazzo Vitral

Palavras-chave:

Circunferência Craniana. Radiologia. Ortodontia.

Resumo

Em uma amostra de brasileiros, portadores de oclusão normal, determinou-se os valores angulares preconizados nas análises de Steiner, Tweed e Downs por meio de telerradiografias em norma lateral. Essa amostra constou de 30 adultos, sendo 12 do gênero masculino e 11 do gênero feminino, com dentição permanente, sem tratamento ortodôntico prévio, todos com oclusão normal, com exceção dos terceiros molares, e perfil facial harmônico. Através de cada uma das telerradiografias laterais foram obtidos os traçados cefalométricos manuais e computadorizados. Os resultados obtidos foram comparados e tratados estatisticamente. Após o estudo, concluiu-se que houve diferença entre os traçados manuais e computadorizados quanto aos ângulos que envolvem os planos mandibular e oclusal.

Palavras-chave: Circunferência Craniana. Radiologia. Ortodontia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-11-05

Como Citar

1.
Quintão APA, Vitral RWF. Estudo comparativo entre cefalometria manual e computadorizada (análise de Steiner, Tweed e Downs) em telerradiografias laterais. HU Rev [Internet]. 5º de novembro de 2010 [citado 14º de abril de 2024];36(2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/868

Edição

Seção

Artigos Originais