Diagnóstico de tamponamento cardíaco em quadro de parada cardiorrespiratória neonatal utilizando-se ultrassonografia point-of-care: relato de caso

Autores

  • Matheus Novelli Departamento de Medicina e Enfermagem, Faculdade de Medicina, Universi-dade Federal de Viçosa, Viçosa – MG https://orcid.org/0000-0002-8270-0339
  • Alana Balbueno Departamento de Medicina e Enfermagem, Faculdade de Medicina, Universi-dade Federal de Viçosa, Viçosa – MG
  • Eduarda Demoner Paseto Departamento de Medicina e Enfermagem, Faculdade de Medicina, Universi-dade Federal de Viçosa, Viçosa – MG https://orcid.org/0000-0001-7941-7084
  • Igor Marinho Pereira Departamento de Medicina e Enfermagem, Faculdade de Medicina, Universi-dade Federal de Viçosa, Viçosa – MG https://orcid.org/0000-0001-5368-2429
  • Ronaldo Afonso Torres Faculdade de Medicina do Centro Universitário Governador Ozanan Coelho (UNIFAGOC), Ubá – MG

DOI:

https://doi.org/10.34019/1982-8047.2021.v47.34741

Palavras-chave:

Tamponamento Cardíaco, Testes Imediatos, Parada cardíaca

Resumo

Introdução: Acompanhando os avanços da medicina, a ultrassonografia à beira do leito (point-of-care ultrasound) tornou-se parte fundamental do atendimento médico de urgência e emergência. A segurança e a facilidade desse exame complementar fazem dele uma ferramenta valiosa para fornecer informações em tempo real, auxiliando na interpretação dos sinais e sintomas e, consequentemente, na elaboração mais rápida e precisa do diagnóstico. Na área de medicina intensiva pediátrica, a USG point-of-care consegue ser ainda mais relevante, sobretudo quando se trata da investigação de quadros agudos, como casos de parada cardiorrespiratória neonatal. Objetivo: Relatar um caso de parada cardiorrespiratória por tamponamento cardíaco em paciente pediátrico e evidenciar a importância da ultrassonografia point-of-care no processo diagnóstico e terapêutico do caso. Relato de Caso: Recém-nascido prematuro, do sexo feminino, nascido de 26 semanas e internado em unidade de terapia intensiva para suporte. A paciente evoluiu com apneia e instabilidade hemodinâmica e posterior parada cardiorrespiratória. No processo diagnóstico, foram investigadas as principais causas de parada cardiorrespiratória de acordo com o protocolo Pediatric Advanced Life Support da American Heart Association. Após análise do quadro clínico e evolução da paciente, uma das principais hipóteses sugeridas foi o tamponamento cardíaco, cujo diagnóstico definitivo foi realizado por meio da ultrassonografia point-of-care. Conclusões: A ultrassonografia point-of-care demonstrou ser extremamente importante por permitir um diagnóstico rápido e preciso, além de ter possibilitado tratamento adequado e reversão completa do quadro clínico da paciente. Além disso, esse exame de imagem foi capaz de evidenciar a provável causa do tamponamento cardíaco, revelando uma perfuração intracardíaca possivelmente acarretada pelo cateter central de inserção periférica utilizado na paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bertuzzi BD, Pedrollo DF, Rodrigues MS, Oliveira ACT, Liberato G. Ultrassom à beira do leito na prática pediátrica. In: Piva JP, Carvalho WB. PROTIPED: programa de atualização em terapia intensiva pediátrica: ciclo 8. Artmed Panamericana. 2017; 4(1):91-132.

McLario DJ, Sivitz AB. Point-of-care ultrasound in pediatric critical care. Jama Pediatr. 2015; 169(6):594-600.

Srinivasan S, Cornel TT. Bedside ultrasound in pediatric critical care: a review. Pediatrics Critical Care Medicine. 2011; 12(6):667-74.

Gaspar HÁ, Morhy SS. The role of focused echocardiography in pediatric intensive care: a critical appraisal. BioMed research international. 2015; 1(1):1-7. https://doi.org/10.1155/2015/596451

Doniger SJ. Bedside emergency cardiac ultrasound in children. Journal of Emergencies, Trauma and Shock. 2010; 3(3):282. https://doi.org/10.4103/0974-2700.66535

Hopkins A, Doniger SJ. Point-of-care ultrasound for the pediatric hospitalist’s practice. Hospital Pediatrics. 2019; 9(9):707-18.

EL-Khuffash A. Neonatal echocardiography teaching manual [Internet]. 2014. [citado em 2019 jan. 25]. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/306030785_Neonatal_Echocardiography_Teaching_Manual

Corredera A, Rodriguez MJ, Arévalo P, Llorente B, Moro M, Arruza L. Functional echocardiography in neonatal intensive care: 1-year experience in a unit in Spain. Analesdepediatria. 2014; 81(3):167-73.

Leal GN, Lianza AC. Ecocardiograma para o intensivista pediátrico e neonatal. In: Piva JP, Carvalho WB. PROTIPED: programa de atualização em terapia intensiva pediátrica: ciclo 8. Artmed Panamericana. 2016; 2(1):59-106.

Cotogni P, Pittiruti M. Focus on peripherally inserted central catheters in critically ill patients. World Journal of Critical Care Medicine. 2014; 3(4):80.

Shaw JC. Parenteral nutrition in the management of sick low birth weight infants. Pediatr Clin North Am. 1973; 20(2):333-58.

Ohki Y et al. Complications of peripherally inserted central venous catheter in Japanese neonatal intensive care units. Pediatrics International. 2013; 55(2):185-9.

American Heart Association. Destaques das diretrizes da american heart association para RCP e ACE [Internet]. [citado 2016 ago. 25]. Disponível em: https://eccguidelines.heart.org/wpcontent/uploads/2015/10/2015-AHA-Guidelines-HighlightsPortuguese.pdf

Domingues VS. Tamponamento cardíaco da etiologia ao tratamento. Cuidados Intermédios em Perspectiva. 2012; 1(1):29-35.

Raval NC, Gonzalez E, Bhat AM, Pearlman SA, Stefano JL. Umbilical venous catheters: evaluation of radiographs to determine position and associated complications of malpositioned umbilical venous catheters. Am J Perinatol. 1995; 12(3):201-4.

Downloads

Publicado

2021-12-15

Como Citar

1.
Novelli M, Balbueno A, Demoner Paseto E, Marinho Pereira I, Afonso Torres R. Diagnóstico de tamponamento cardíaco em quadro de parada cardiorrespiratória neonatal utilizando-se ultrassonografia point-of-care: relato de caso. hu rev [Internet]. 15º de dezembro de 2021 [citado 6º de dezembro de 2022];47:1-5. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/34741

Edição

Seção

Relato de Caso

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)