Nutrição em paciente cirrótico

Autores

  • Francislene Juliana Martins Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

O fígado pode ser acometido por diversas patologias tanto agudas, quanto crônicas, dentre elas, a cirrose se destaca por sua elevada incidência. No Brasil, essa doença foi responsável por mais de 298.000 internações hospitalares entre 2001 e 2010 e mais de 128.000 óbitos entre 2001 e 2009. A cirrose hepática é caracterizada pela alteração estrutural e funcional do fígado, através da qual ocorre substituição da estrutura hepática normal por nódulos circundados por fibrose. Dentre as diversas implicações clínicas manifestadas pelo paciente podem-se citar: fibrose, ascite, hipertensão portal, encefalopatia hepática e anastomoses. Como resultante das alterações hepáticas, sobretudo em pacientes que consomem álcool, nota-se que o cirrótico também desenvolve desnutrição proteico-energética (DPE). A origem da má nutrição é multifatorial, sendo que a mesma provém da diminuição do consumo de nutrientes, bem como da alteração na digestão, absorção e metabolismo dos mesmos. Os especialistas têm a DPE como um importante fator para determinar o prognóstico do paciente com cirrose. Muitos são os métodos utilizados para a avaliação do estado nutricional do paciente cirrótico, no entanto, os parâmetros geralmente empregados na prática clínica têm seu uso limitado em pacientes cirróticos. A reversão do quadro nutricional do paciente é possível e, para tal, a suplementação nutricional deve ser determinada de acordo com as necessidades dos mesmos. A intervenção nutricional é sempre benéfica aos pacientes, proporcionando benefícios em curto e longo prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francislene Juliana Martins, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Farmácia, Núcleo de Pesquisa Interdisciplinar em Ciências da Saúde – Juiz de Fora, MG

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

1.
Martins FJ. Nutrição em paciente cirrótico. HU Rev [Internet]. 18º de dezembro de 2014 [citado 20º de julho de 2024];39(3 e 4). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2228

Edição

Seção

Artigos de Revisão da Literatura