Significados atribuídos à fístula arteriovenosa pela pessoa em hemodiálise

Autores

  • Lilian Carla Ribeiro UFJF
  • Cristina Arreguy-Sena UFJF
  • Luciene Carnevale de Souza UFJF
  • Deliane Vilela Oliveira Universidade Federal de Juiz de Fora

Palavras-chave:

Derivação arteriovenosa cirúrgica. Enfermagem. Punções. Diálise renal. Insuficiência Renal Crônica.

Resumo

Pesquisa descritiva. Analisamos o significado de ter uma fístula arteriovenosa no corpo para a pessoa portadora de doença renal crônica em tratamento hemodialítico. Amostra por tipicidade. Participaram 20 pessoas em hemodiálise do interior de Minas Gerais. Triangulamos técnicas e métodos para coletar dados (técnica de “recorte e colagem”, entrevista gravada e registros cursivos). As três categorias exprimem o significado que os participantes atribuíram em ter uma FAV no corpo: 1) fístula e indivíduo; 2) sensações, sentimentos e comportamentos e 3) cuidado e auto-imagem. Apontamos a diversidade de dimensões do processo de cuidar de pessoas em tratamento hemodialítico e as dificuldades enfrentadas por eles que suscitou reflexões sobre as modificações nos estilos de vida quando fazem hemodiálise. Tal investigação contribui na compreensão do processo de enfrentamento pelo qual passa as pessoas portadoras de FAV e em tratamento hemodialítico, alertando aos Enfermeiros para problemas de sua competência profissional..

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-10

Como Citar

1.
Ribeiro LC, Arreguy-Sena C, Souza LC de, Oliveira DV. Significados atribuídos à fístula arteriovenosa pela pessoa em hemodiálise. hu rev [Internet]. 10º de dezembro de 2014 [citado 5º de julho de 2022];39(1 e 2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2121

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)